Destaque »

Lídia Jordão faz palestra no 13º Encontro Mulheres com Direito

17 de maio de 2019 – 19:12 |

Lídia Jordão representou Minas Gerais, juntamente com mais nove mulheres da área do Direito, de outros estados do País. Ela foi convidada pela coordenação geral  do Encontro, através da Drª Fabiana Garcia. Para Jordão, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Notícias, Veículos

Fórum Comunitário discute alto índice de reprovação para CNH

A Câmara Municipal realizou, no final da semana que passou, um Fórum Comunitário para discussão dos processos de exames para Carteira Nacional de Habilitação em Araxá. O encontro foi dirigido pelo Vice-Presidente da Casa da Cidadania, Vereador Fárley Cabeleireiro (DEM). Solicitante do Fórum, Pastor Claudenir Dias (PP) apresentou os altos índices de reprovação para carteira de habilitação (categoria B) nos últimos anos, em torno de 90%.“O objetivo deste encontro não é provocar um embate, mas uma conversa, propor soluções para a questão”, afirmou. Ana Paula da Silva, examinadora da Polícia Civil, afirmou que muitos fatores tiram a atenção do candidato. Ela sugeriu psicólogos nas Autoescolas para diminuir o nervosismo dos candidatos, bem como visitas de examinadores às escolas para conversar com os alunos. O Delegado Regional de Polícia Civil, Vitor Hugo Heisler, afirmou que Araxá tem índice de reprovação semelhante ao de cidades como Uberaba e Patos de Minas. Em contrapartida, municípios da mesma banca de examinadores, como Nova Ponte e Sacramento, apresentam índices melhores. Ele negou veemente a delegação de toda a culpa para os examinadores, que atuam de acordo com a lei.A má conservação das áreas de exames por parte da Prefeitura também foi lembrada por alguns presentes. Por fim, o Delegado afirmou que irá orientar os examinadores, respeitando a autonomia dos mesmos. Ele também incentivou os centros de formação de condutores a formalizarem as suas reclamações.