Destaque »

PRA NÃO PERDER NADA!

23 de abril de 2019 – 20:26 |

Veja os horários de shows, montarias e outras atividades do Araxá Rodeio Show
Portões serão abertos sempre às 19h
Está chegando a hora! Começa nesta quarta-feira (24) o Araxá Rodeio Show, o maior evento regional do segmento. …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque, Notícias

Praça Dona Pepita é inaugurada

A Praça Maria de Lourdes Corrêa de Azevedo (Dona Pepita) foi oficialmente entregue para a comunidade na semana passada, no bairro Vila Silvéria. A solenidade contou com a presença de secretários, vereadores, convidados e imprensa. O Prefeito Aracely de Paula, ressaltou que a obra contribui com a valorização do bairro, mantendo sua política de valorizar as pessoas que contribuíram com o desenvolvimento da cidade. “Homenageando a Dona Pepita, homenageamos uma grande araxaense que fez muito pelo ensino e pela sociedade, extrapolou os limites da bondade e do trabalho em favor de Araxá”. O evento contou ainda com apresentações de alunos e professores da Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo. O Secretário de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete de Souza, ressaltou a preocupação da Administração Municipal em oferecer equipamentos públicos importantes para o entrelaçamento das famílias e integração entre os moradores do entorno. “A praça tem 2500 m2, recebeu uma proposta arquitetônica diferente para valorizar a Vila Silvéria. Famílias já usufruem do espaço, cumprindo o objetivo de utilizar a praça para o lazer e para a prática esportiva, promovendo uma vida saudável”. O Vereador Pastor Claudenir Dias, falou em nome da família da homenageada e reforçou a importância da Dona Pepita na vida de centenas de jovens que passaram pela Casa do Menor Júlio Dário. Como fundadora da Instituição, Dona Pepita trabalhou com amor e dedicação, complementando a educação regular de crianças da periferia por meio do ensino profissionalizante em carpintaria e jardinagem. Os alunos aprendizes recebiam também alimentação adequada e elementos essenciais para que buscassem seu próprio sustento, inclusive o de suas famílias.