Destaque »

Hudson Fiuza levanta a bandeira do Samu em Araxá

23 de julho de 2019 – 17:12 |

 
Na luta pela implantação do Samu em Araxá, o vereador Hudson Fiuza do PSL de Araxá,  viu no final da semana que passou mais uma grande conquista pelo seu esforço de trazer o Serviço de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Meio Ambiente, Policial

PF prende 73 pessoas por extração ilegal de pedras com explosivos na Serra da Canastra

Policiais federais cumprem, na manhã desta quarta-feira,  mais de 100 mandados judiciais contra uma organização criminosa que extraía ilegalmente, há vários anos, pedras de quartzito do Parque Nacional da Serra da Canastra, em Minas Gerais. A ação ocorre simultaneamente em Alpinópolis, Passos, Itaú de Minas, Carmo do Rio Claro, São João Batista do Glória, Piumhi e Belo Horizonte e na cidade paulista de Batatais.  Ao todo, segundo a Polícia Federal (PF) são 160 mandados expedidos pela Justiça Federal . Uma perícia demonstrou que houve degradação ambiental pela extração ilegal. Como a atividade era clandestina, não havia plano de manejo. De acordo com a Polícia Federal, os rejeitos eram depositados em diversas áreas do parque, até mesmo em leitos de rios e nascentes que formam a bacia do Rio Grande. A retirada das pedras era feita com explosivos e ferramentas, sendo que 85% do material era de rejeitos. Envolvidos chegaram a colocar fogo no parque para facilitar a extração ilegal. Todos os presos serão encaminhados ao presídio de Passos. Eles serão indiciados por organização criminosa, extração ilegal de minerais e danos ambientais decorrentes.