Destaque »

CBMM amplia área de atuação e anuncia criação do Centro de Matéria Prima para Turbinas de Avião em Araxá

14 de dezembro de 2018 – 11:13 |

A direção da empresa CBMM, realizou na noite da última terça-feira, dia 11 de dezembro, no ‘Clara Rosa Eventos’,  a tradicional reunião de confraternização com profissionais e diretores de organismos de imprensa da cidade de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Campeonato Amador: Tigrão entra com recurso contra decisão da CDD

A decisão do  título do Campeonato Amador Unificado ( 1º e 2º divisões) de Araxá- 2018, está longe de  ter um final feliz.  Após duas semanas de paralisação, por causa de um recurso da equipe do Ferrocarril,  denunciando na Liga Araxaense de Desportos,  as equipes do Dínamo, Santa Terezinha e Tigrão por conta das transferências envolvendo os jogadores  Somália (Santa Terezinha), Caio, Raul, Cafu, Fabrício, Filhão e Douglas Silva (ambos do Tigrão) e Edney (Dínamo).  Em sessão realizada pela Comissão Disciplinar Desportiva ( CDD) da LAD, os auditores chegaram a conclusão que Santa Terezinha, Dínamo e Tigrão, teriam cometido irregularidades ao realizar mais de uma transferência com os atletas citados na denúncia do Ferrocarril. A definição da CDD foi por unanimidade. Por 6 votos a 0, os auditores da CDD, declararam a equipe do Ferrocarril campeã do Certame Amador  2018. No entanto  dentro do prazo regulamentar de 72 horas, Comercial Tigrão, entrou com recurso da decisão da CDD, pedindo nova avaliação da transferência de jogadores. Na última quinta-feira, 29 de novembro, Comercial Tigrão, equipe do Futebol Amador de Araxá, entrou com recurso junto ao TJD da Liga Araxaense de Desportos, órgão superior de julgamento, apelação ao julgamento do dia 26 de novembro que considerou a equipe culpada por uso de jogadores irregulares em suas transferências. Com o recurso, a Liga Araxaense de Desportos, não poderá decretar o Ferrocarril campeão do Amadorão Unificado de 2018, proposta da CDD, decisão do primeiro julgamento. O próprio presidente da Liga Araxaense de Desportos, LAD, recebeu o pedido de recurso.