Destaque »

FestNatal dará visibilidade a campanhas solidárias neste fim de ano

20 de novembro de 2018 – 11:36 |

Empresas, instituições e pessoas que queiram realizar campanhas solidárias neste fim de ano poderão contar com o suporte do FestNatal 2018 em suas ações. Uma das propostas desta edição do evento é que ele congregue …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Saúde

LIRAa aponta queda no índice de proliferação do Aedes em Araxá

A Prefeitura de Araxá, através da Secretária Municipal de Saúde, realizou entre os dias 15 e 18 de outubro o quarto Levantamento do Índice Rápido do Aedes Aegypti de 2018, o LIRAa. O trabalho dos Agentes de Endemia, da equipe de Vigilância Ambiental, mostrou uma queda no índice de infestação que no primeiro semestre era de 1,7 e passou agora para 0,7.

A pesquisa foi realizada em 2.483 imóveis de todas as regiões de Araxá. Deste total foram encontrados focos do mosquito transmissor da dengue em apenas 18 locais. Os focos foram localizados em caixas de passagem, garrafões, baldes, vasos com água, rodas, vasilhas plásticas, vasos de plantas, pneus, tambor, frascos com água, sanitários sem uso e caixas d’água. A Coordenadora da Vigilância em Saúde, Telma Di Mambro, afirma que o resultado positivo se deu em função da continuidade dos trabalhos de limpeza através dos mutirões com utilização de caminhões retirando entulhos, da dedicação dos Agentes de Endemia e da conscientização realizada pela equipe de Educação em Saúde junto às diversas camadas da comunidade. “Mesmo com o índice tendo reduzido é importante que as pessoas continuem cuidando dos seus imóveis, retirando objetos que acumulem água, principalmente porque os locais onde foram encontrados os focos do mosquito são os mesmos dos anos anteriores, ou seja, dentro dos próprios domicílios”, afirma Telma. Segundo ela, um alerta importante é para que a população tenha atenção redobrada neste período de chuvas mais frequentes.

Em julho deste ano Araxá contabilizava um total de 447 notificações de dengue, sendo confirmados apenas 64 casos positivos da doença. Neste mês de outubro as notificações referentes a 2018 somam 496, com 71 casos de dengue confirmados no município.