Destaque »

CBMM amplia área de atuação e anuncia criação do Centro de Matéria Prima para Turbinas de Avião em Araxá

14 de dezembro de 2018 – 11:13 |

A direção da empresa CBMM, realizou na noite da última terça-feira, dia 11 de dezembro, no ‘Clara Rosa Eventos’,  a tradicional reunião de confraternização com profissionais e diretores de organismos de imprensa da cidade de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque, Esporte

CRUZEIRO É HEXACAMPEÃO DA COPA DO BRASIL

Quarta-feira foi disputada a final da Copa do Brasil em Itaquera. Cruzeiro e Corinthians fizeram a grande final, que foi decidida praticamente pelo VAR – árbitro de vídeo. Jogando em casa, o Corinthians começou pressionando, mas o primeiro chute a gol só saiu aos 20 minutos do primeiro tempo e foi do Cruzeiro, em tentativa de Thiago Neves de fora da área para fácil defesa de Cássio. Aos 27 minutos, depois de Barcos acertar a trave de Cássio, Robinho pegou a sobra e inaugurou o placar para o time mineiro. Aos 33 minutos, após cobrança de falta, Dedé cabeceou no poste direito do gol corintiano. Aos 35 minutos o zagueiro Henrique subiu livre e cabeceou rente ao gol de Fábio.

No segundo tempo, numa trapalhada de Thiago Neves dentro da área, e após consulta ao árbitro de vídeo, o árbitro marcou pênalti a favor do Corinthians. Jadson cobrou e empatou a partida, aos 9 minutos. Aos 24 minutos, Pedrinho, que havia acabado de entrar, arriscou de fora da área e acertou o ângulo de Fábio. Mas, novamente, em consulta ao árbitro de vídeo, o juiz Wagner do Nascimento marcou falta de Jadson em Dedé e anulou o gol do Corinthians. Aos 36 minutos, Arrascaeta, que viajou 30 horas do Japão para participar da partida, em jogada de contra-ataque, colocou o Cruzeiro novamente em vantagem, tocando por cima de Cássio. E assim terminou o jogo, com a vitória e o título cruzeirenses.