Destaque »

Comandante da Capitania Fluvial de Minas Gerais visita Araxá

20 de fevereiro de 2020 – 19:24 |

A Capitania Fluvial de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte desde dezembro de 2018, está ampliando sua área de atuação e deve instalar unidades no Triângulo Mineiro e região do Rio Paranaíba. No …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Política

Bolsonaro é esfaqueado em Juiz de Fora e se recupera após cirurgia

Jair Bolsonaro, candidato à presidência pelo PSL, foi atingido por uma facada enquanto fazia campanha em Juiz de Fora na tarde de quinta-feira, dia 06 de setembro. O candidato chegou em estado de choque e com uma hemorragia forte na Santa Casa de Misericórdia da cidade. A hemorragia foi contida, ele foi operado e está em uma situação de recuperação “satisfatória”, segundo informações dadas pelos médicos em coletiva. Luís Henrique Borsato, da equipe de cirurgia geral, disse que houve uma lesão única, mas profunda, e que causou três perfurações no intestino delgado, tratadas com pontos. Também houve uma lesão grave e extensa no intestino grosso, que não foi tratada com pontos e sim com uma colostomia, uma bolsa para onde o trânsito intestinal é desviado temporariamente. O quadro foi classificado como “naturalmente grave”, mas estável na recuperação do pós-operatório. O candidato deve ficar hospitalizado de uma semana a dez dias, no mínimo.  O homem acusado de esfaquear Bolsonaro;  Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, nasceu na cidade mineira de Montes Claros.  Ele foi preso em flagrante e está a disposição da Polícia Federal. Segundo a polícia, a motivação pelo crime, alegada pelo acusado, teria sido pessoal e em nome de Deus. Bolsonaro continua se recuperando no Hospital Albert  Eisntein em São Paulo.