Destaque »

Ganso empata com Valeriodoce e continua no G4

24 de setembro de 2018 – 19:49 |

Em partida válida pela décima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, versão 2018, chancelado pela Federação Mineira de Futebol, na manhã do último  domingo, dia 23 de setembro, o time do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Saúde

Sarampo teria matado mais de 60 pessoas em Minas Gerais em 2018

Sessenta e três casos suspeitos de sarampo estão em investigação em Minas Gerais, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Outros 55 casos suspeitos foram descartados neste ano. No estado, não há casos confirmados de sarampo. A vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças. Para prevenir a doença, uma campanha nacional de multivacinação começou na última segunda-feira (6). Todas as crianças de 1 a 4 anos devem se vacinar contra a poliomelite e o sarampo. O objetivo é estimular a atualização da caderneta de vacinas das crianças. A baixa cobertura vacinal de doenças como sarampo e poliomielite preocupa as autoridades. Quem for viajar para os estados de Roraima e do Amazonas, onde há registro da doença, precisa tomar a vacina dez dias antes do embarque. Nas crianças são duas doses da vacina contra o sarampo. A primeira deve ser tomada aos 12 meses e um reforço com um ano e três meses de idade. Durante a campanha, a criança que já tomou as duas doses deve receber mais um reforço. Quem tem de 2 a 29 anos, caso não tenha registro de dose da tríplice ou tetraviral, deverá receber duas doses com intervalo de no mínimo 30 dias da primeira dose. Pessoas com idade entre 30 a 49 devem receber apenas uma dose. A partir dos 50 anos, não é necessária a vacinação porque as pessoas são consideradas imunes.  A campanha de vacinação vai até o dia 31 de agosto.