Destaque »

Em final com 6 gols, França bate Croácia e conquista o bi mundial

17 de julho de 2018 – 0:56 |

A vitória sobre a Croácia por 4 a 2, na final da Copa do Mundo da Rússia, no domingo, coloca a França em um novo patamar no futebol mundial. O time …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Destaque

Brasil ganha da Costa Rica no segundo jogo por 2 a 0

Seleção Brasileira

Messi perde penalt

NEYMAR muito marcado contra COSTA RICA

A tônica mundial é a Copa do Mundo 2018, na Rússia, que teve início com uma goleada espetacular do time da casa diante da Arábia Saudita pelo placar de 5 a 0. Outros resultados surpreendentes também aconteceram. A Alemanha, atual campeã mundial, estreou perdendo para a Seleção Mexicana por 1 a 0 e a Argentina empatando com a Islândia por 1 a 1. O Brasil estreou no último domingo empatando diante da Suíça pelo placar de 1 a 1. Mas o melhor jogo até agora foi entre Portugal e Espanha. Com 3 gols de Cristiano Ronaldo para Portugal, e com dois do brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa e mais um de Nacho, Portugal e Espanha fizeram o melhor jogo da primeira rodada da Copa do Mundo, empatando por 3 a 3.

No jogo França 2 x 1 Austrália foi inaugurado o uso da tecnologia da copa (VAR). Além do uso do árbitro de vídeo para confirmar o primeiro pênalti para a França, o relógio do árbitro sinalizou o segundo gol francês, indicando que a bola com chip havia ultrapassado totalmente a marca do gol. No jogo Peru x Dinamarca novamente o árbitro de vídeo entrou em ação e marcou pênalti desperdiçado por Cueva, que cobrou por cima do gol.

Até ontem, dia 21, quatro seleções já haviam garantido participação nas oitavas de final. São elas: Rússia, Uruguai, França e Croácia.

 

Brasil e Suíça

 

O Brasil saiu na frente do adversário com um gol assinalado aos 29 minutos do primeiro tempo, por Philippe Coutinho. Antes do gol, o Brasil já havia perdido duas outras boas oportunidades, sendo uma com Paulinho chutando para fora. Mas, durante o primeiro tempo a Seleção Canarinho, comandada por Tite, tinha o domínio da partida e jogava melhor do que o adversário. E assim terminou o primeiro tempo. Logo no início da segunda etapa o panorama mudou, quem passou a dominar foi a Seleção da Suíça, marcando o gol de empate aos 4 minutos. Houve muita reclamação de que o zagueiro Miranda havia sido empurrado pelo atacante Zuber, autor do gol, entretanto o árbitro não deu ouvidos às reclamações. A Seleção Brasileira sentiu o golpe e caiu de produção; por mais que o técnico Tite, através de substituições, tentasse dar uma nova atitude ao time, a Seleção Canarinho não teve um padrão definido para superar o adversário. Este empate abre a possibilidade de Brasil x Alemanha se enfrentarem nas oitavas de final, desde que um fique em primeiro lugar em seu grupo e o outro fique em segundo. O Brasil ainda reclamou de um pênalti em Gabriel Jesus. Mas, independentemente da má atuação do árbitro mexicano César Gomes, o Brasil jogou muito menos do que sabe e pode. Neymar, muito caçado em campo, não conseguiu concluir uma única boa jogada nos 90’. O Brasil jogou com Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro (Fernandinho), Paulinho (Renato Augusto), Coutinho, Neymar, Willian e Gabriel Jesus (Firmino).

 

Brasil e Costa Rica

 

Hoje, pela manhã, o Brasil enfrentou a Costa Rica, jogando com Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Firmino) e Philipe Coutinho; Willian (Douglas Costa), Gabriel Jesus e Neymar. 0 jogo iniciou com o Brasil enfrentando a retranca da Costa Rica. Somente aos 7’ Philippe Coutinho chutou pela primeira vez sobre o gol adversário. Aos 11’ quem chegou pela primeira vez com perigo foi a Costa Rica, chutando de dentro da área para fora. Aos 26’ o Brasil até balançou a rede com Gabriel Jesus, mas o árbitro apitou o impedimento do atacante. Em resumo, o Brasil chutou cinco vezes a gol, sendo três para fora, um impedimento e uma defesa. O jogo do Brasil está fluindo mais pela esquerda, com Marcelo, que tem mais liberdade. Neymar deveria jogar mais dentro da área, mesmo porque está recebendo muitas faltas, e dentro da área seria pênalti.

No segundo tempo o Brasil voltou melhor, cercando a Costa rica, e logo aos 3’ quase que Neymar marca. Na sequência, Gabriel Jesus cabeceia no travessão e, depois quase que Philippe Coutinho marca. O zagueiro defende debaixo das traves. Aos 11’ novamente Neymar, livre, chuta para defesa de Navas. A entrada de Douglas Costa tornou o Brasil mais veloz. O Brasil segue pressionando Costa Rica, com chances de Casemiro, Coutinho e Neymar, que da entrada da área errou gol feito, batendo por sobre o gol. Aos 32’ Neymar simulou um pênalti marcado pelo árbitro, mas invalidado pelo árbitro de vídeo.

Enfim, aos 45’, já no início da prorrogação, em uma bola alçada da esquerda para a área Firmino cabeceia para o meio, Gabriel Jesus toca na bola para o chute indefensável de Philippe Coutinho, o artilheiro do Brasil, fazer um a zero. O Brasil ainda teve tempo de marcar o segundo no apagar das luzes, em jogada de Douglas Costa pela direita que Neymar só teve o trabalho de empurrar para dentro do gol. Que venha a Sérvia.