Destaque »

Representantes da OAB se reúnem com Vereadores na Câmara

19 de junho de 2018 – 0:41 |

Na tarde da última segunda-feira (11), o Plenário Vereador Guilherme Gotelip Neto recebeu Vereadores, imprensa e diversos advogados do Município de Araxá para uma Audiência Pública. Ainda participaram membros da Diretoria da 33ª …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Notícias

Vídeomonitoramento ajuda Polícia no combate aos ataques a ônibus e carros

O sistema de vídeomonitoramento tem se mostrado bastante eficiente no auxílio às forças de segurança na cidade de Araxá. As imagens captadas pelas Câmeras foram utilizadas pela Polícia Militar para evitar outros ataques e apreender um dos responsáveis por incendiar ônibus do transporte coletivo e carros particulares, no último domingo, 3. A Administração Municipal disponibiliza um total de 55 câmeras de vídeo que monitoram os pontos mais movimentados da cidade, tanto na área central como também nos bairros. A Central de Monitoramento, localizada na Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Cidadania, é operada por servidores municipais sob a coordenação da Polícia Militar. Os trabalhos da Polícia Militar, nesta ação, foram comandados pelo Tenente Campos que ressalta a importância do vídeomonitoramento nesses episódios. Segundo Campos, um dos sete suspeitos presos foi identificado e preso na av. Washington Barcelos, no Setor Norte, a partir das imagens do vídeomonitoramento. “As câmeras também foram fundamentais na prevenção, evitando a ação de meliantes em outros locais da cidade onde há o monitoramento”, afirma. O secretário municipal de Segurança Urbana e Cidadania, Élvio Bertoni, diz que o vídeomonitoramento já se transformou em uma ferramenta extremamente eficiente na segurança em Araxá. “Desde a sua implantação, o sistema tem sido muito importante tanto na prevenção como na repressão da violência e criminalidade. Nas ocorrências deste domingo, as câmeras mostraram novamente sua eficácia através da atuação de seus operadores que acompanharam, em tempo real, toda a movimentação na cidade, orientando a Polícia Militar que atuava no combate nas ruas”, avalia Bertoni.