Destaque »

Em noite de autógrafos, Dr. Renato Zupo lança ‘Inteligência Prática’, em Araxá

14 de agosto de 2018 – 16:29 |

A noite do último dia 09 de agosto de 2018, foi especial e de lançamento do quarto livro do juiz-escrtior araxaense, Dr. Renato Zouain Zupo. O palco da prestigiada noite de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Cultura

Sempre Um Papo: Hugo Monteiro faz reflexão sobre direitos humanos de crianças e adolescentes em Araxá

A noite da última terça-feira, dia 22 de maio de 2018, foi de ‘Sempre Um Papo’ em Araxá. O ginásio poliesportivo e cultural do Uniaraxá, recebeu  para uma palestra sobre ‘ Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes’;  o escritor e educador Hugo Monteiro Ferreira. Um trabalho ficcional que envolve toda a literatura do autor. Desde o seu livro Benedito (Paulinas, 2005 a Nirtus, Cortez, 2017), que fica evidente os assuntos tratados por Hugo: história de crianças e adolescentes que, em razão de seus traços identitários, experimentam situação de segregação e de superação à ela.  Hugo Monteiro Ferreira é pedagogo, licenciado em letras, especialista em neuropsicologia, mestre em teoria literária, doutor em educação. É professor associado da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Membro da Cátedra UNESCO de Leitura PUC-Rio. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação, Culturas e Identidades (UFRPE/FUNDAJ). Líder do Grupo de Pesquisa GETIJ (CNPq/UFRPE). Terapeuta de crianças e adolescentes. Em 2014, foi finalista do prêmio Jabuti, na categoria juvenil, com o livro “Emílio ou Quando se Nasce com um Vulcão ao Lado”.  O espaço esportivo e cultural do Uniaraxá recebeu um grande público, formando por estudantes, educadores, escritores locais e imprensa. Em entrevista exclsuiva ao JORNAL INTERAÇÃO, Hugo Monteiro Ferreira, disse que, “ eu acho que esse encontro aqui em Araxá, com estudantes, educadores e com a comunidade,  é uma oportunidade de tocar no assunto.  Além de escritor e professor, eu sou um ativista em defesa das causas fundamentais das crianças e adolescentes. Hoje nós temos uma sociedade cuja base que é totalmente adultocêntrica.  E essa base reflete-se muito no modo em que a criança pensa, olha e sente. É  uma sociedade que escuta muito pouco as crianças e os adolescentes. Talvez seja por isso que a gente tenha no Brasil, um número muito crescente de casos de suicídios, depressão, anorexia, bulimia e transtornos mentais, entre as crianças e adolescentes, tudo relacionado com a falta de diálogos com as crianças e os adolescentes.”  O escritor também disse que, “ a gente hoje tem um Estado que só pensa em punir a criança e o adolescente e a gente tem também uma família que é negligente e que praticamente abandona, terceiriza seus filhos e trata a criança como se ela fosse menor  e o adolescente como se não tivesse valor de opinião. Infelizmente, além dos problemas de ordem política e social, nós temos no Brasil, sérios problemas de ordem escolar, no que se refere à criança e ao adolescente.” O Projeto Sempre Um Papo é chancelado pelo Circuito CBMM de Cultura.