Destaque »

CBMM amplia área de atuação e anuncia criação do Centro de Matéria Prima para Turbinas de Avião em Araxá

14 de dezembro de 2018 – 11:13 |

A direção da empresa CBMM, realizou na noite da última terça-feira, dia 11 de dezembro, no ‘Clara Rosa Eventos’,  a tradicional reunião de confraternização com profissionais e diretores de organismos de imprensa da cidade de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque

Leitura para todos os públicos

Encontro PROLER, em sua 12ª edição em Araxá, trouxe escritores renomados da literatura brasileira dentro do Sempre um Papo e Circuito CBMM de Cultura para atender toda a comunidade.

O 12° encontro PROLER, que se iniciou na quarta-feira, 22, foi encerrado neste sábado, 25, em Araxá.  A iniciativa proporcionou, neste período, a apresentação de trabalhos pedagógicos realizados por instituições locais [Uniaraxá e Colégio São Domingos],  com a 1ª Mostra de Experiências de Leitura, cursos de capacitação para os professores da rede de ensino de Araxá e três encontros do Sempre um Papo e Circuito CBMM de Cultura, apresentando escritores renomados da literatura brasileira no Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá). Todas essas atrações tiveram por objetivo incentivar a prática da leitura de alunos, professores e comunidade de um modo geral.

O Sempre Um Papo e Circuito CBMM de Cultura trouxeram a Araxá, na quinta-feira, 23, o escritor Evandro Affonso Ferreira, que lançou o romance “O Mendigo que Sabia de Cor os Adágios de Erasmo de Rotterdam” (Ed. Record). “Escrevi sobre um homem atormentado que experimenta a proximidade dolorosa do mundo. O romance emociona pela forma como fala da loucura, do amor, do abandono e da solidão, enquanto espera – andando e observando os escombros da vida urbana em detalhes. Nasci em Araxá, estou muito feliz aqui, pois sei o quanto a cidade se destaca na educação. É muito gratificante apresentar um livro em sua terra natal”, afirmou.

Na sexta-feira, 24, dois escritores se apresentaram pela iniciativa que conta com o apoio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM). O primeiro foi César Obeid, que escreveu um livro direcionado para as crianças. Ele lançou uma obra denominada “Brincantes Poemas” (Ed. Moderna), a qual demandou dois anos e meio de pesquisa referente ao conteúdo. “Esse livro em si trata de brincadeiras, um negócio que faz parte do universo infantil, então, acaba ficando muito próximo da criança, tanto com os poemas quanto com as brincadeiras. Neste livro, eu não facilito a linguagem por ser para crianças. Eu tenho muito respeito por esse tipo de público, e não fiz essa obra especificamente para elas. Entendo que um bom livro infantil chama também a atenção dos adultos. O PROLER é um projeto bacana e, por isso, estou aqui”, comentou.

A segunda atração do dia foi a escritora Paula Pimenta, que lançou sua nova obra intitulada “Apaixonada por Palavras” (Ed. Gutemberg), com 55 crônicas de cotidiano que falam de assuntos gerais, demonstrando sua paixão pelas palavras. “Tem três segredos para se escrever bem: o primeiro, é ler muito, isso é imprescindível. Não existe escritor que não goste de ler; o segundo, é escrever sobre aquilo que gosta, porque quem escreve sobre o que gosta escreve com paixão e passa isso para o leitor, e o terceiro, é escrever sobre o que conhece para passar a realidade, verdade do texto. Se você for escrever de um lugar que, por exemplo, nunca foi, vai soar meio falso, pois quem conhece aquele lugar vai falar ‘não tinha aquilo lá’, então tem que escrever sobre aquilo que conhece”, ressaltou.

Todos esses escritores atraíram um grande número de pessoas ao Uniaraxá. Para a professora da Escola Estadual Armando Santos, Ana Cristina Teixeira de Castro Santana, o encontro é extremamente importante para reforçar a influência da leitura nas crianças. “O Sempre um Papo é um programa interessante, que incentiva a leitura de grandes obras e nesse, não é diferente. É bom a gente ler e reler sempre os livros. As crianças e os jovens da minha escola estão muito felizes por assistirem a palestras desses grandes escritores”, destacou.

 “Eu me identifico bastante com os livros. Quando vêm escritores como Paula Pimenta, a gente não pode desperdiçar a chance de adquirir mais conhecimento. Os livros dela são muitos bons. É uma história bem legal, com uma linguagem muito fácil, de adolescente mesmo”, afirmou a estudante do 3º ano do Ensino Médio, Juliana Ladeira.

De acordo com a coordenadora do PROLER em Araxá, Maria Amália Dumont, o programa completa 12 anos de realização de ações em prol da leitura do município e 20 anos de atuação pelo Brasil. “Nós contamos com a visita da coordenadora nacional do PROLER, Ana Fanfa, e ela gostou muito das ações que são desenvolvidas aqui, em prol do incentivo à leitura em Araxá. Proporcionamo-nos aqui, nesses 12 anos, por exemplo, 57 cursos de capacitação para professores e vimos que estamos colhendo bons frutos e temos alguma coisa para contar da leitura aqui em Araxá. Para nós, podemos considerar uma grande conquista”, colocou.

 Com o encerramento do PROLER, Maria Amália vislumbra a luta de novas conquistas para a leitura aqui em Araxá. “Nosso objetivo é, a partir deste ano, lutar para criar um plano municipal do livro e da leitura, institucionalizar o comitê do Proler e consolidar as parcerias, fazendo com que a leitura em Araxá tenha um orçamento dedicado somente a ela, porque isso é um direito do cidadão”, finalizou.