Destaque »

Representantes da OAB se reúnem com Vereadores na Câmara

19 de junho de 2018 – 0:41 |

Na tarde da última segunda-feira (11), o Plenário Vereador Guilherme Gotelip Neto recebeu Vereadores, imprensa e diversos advogados do Município de Araxá para uma Audiência Pública. Ainda participaram membros da Diretoria da 33ª …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Responsabilidade social

A corrida da solidariedade: Atleta corre mais de 100 km para ajudar centro de quimioterapia em Araxá

Coragem,  preparo físico, determinação em nome da solidariedade. Foi assim que o super atleta araxaense Felipe Ferrari, ao lado de outros corredores, amigos e parceiros enfrentaram mais dde cem quilômetros numa verdadeira corrida solidária em prol de arrecadar donativos para o recém inaugurado Centro de Quimioterapia da Santa Casa de Araxá,  entre as cidades de Uberaba e Araxá. O desafio que durou quase 15 horas, aconteceu  entre os dias 18 e 19 de dezembro de 2017. A reportagem do JORNAL INTERAÇÃO, acompanhou  com exclusividade a chegada de Felipe e amigos à Araxá. A prova levou o nome de  ‘Ultrajudar’ com o objetivo de arrecadar recursos para o Centro de Quimioterapia São Francisco, em Araxá. Até o fechamento desta edição o projeto já tinha arrecadado mais de 12 mil reais na vaquinha virtual.  Segundo os atletas, a  ideia da campanha surgiu logo depois do desafio do ano passado, que recebeu o nome de “Pedajudar”. Ferrari pedalou cerca de 570 km de São Paulo à cidade mineira para arrecadar cestas básicas a três instituições araxaenses.  Dessa vez, a ideia foi deixar a página na internet aberta para mobilizar mais doadores durante o percurso e receber as quantias até o Natal. Felipe contou que, “ eu moro em São Paulo há cinco anos, mas sou araxaense. Vi a importância desse centro de quimioterapia para a nossa cidade e a dificuldade que ele teria para se manter. A direção nos informou que a unidade teria um déficit mensal de R$ 30 mil. Então nossa ideia é tentar arrecadar esse valor pra abater no primeiro mês de funcionamento .” Durante o desafio, Felipe ganhou  a companhia  do ultramaratonista  João Silveira e, em alguns trechos, com companhia de corredores do projeto “Só Paro na Chegada” e de atletas amadores, Ferrari encontrou muita chuva no percurso de 115km que completou.  O trajeto foi escolhido como uma viagem simbólica do Hospital Hélio Angotti, em Uberaba, e a nova unidade em Araxá, que é um braço do hospital e foi recém inaugurada. Em Araxá Felipe também ganhou o apoio e a companhia de dezenas de atletas locais, tudo em nome do bem e da solidariedade.