Destaque »

Em final com 6 gols, França bate Croácia e conquista o bi mundial

17 de julho de 2018 – 0:56 |

A vitória sobre a Croácia por 4 a 2, na final da Copa do Mundo da Rússia, no domingo, coloca a França em um novo patamar no futebol mundial. O time …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Notícias

Aracely de Paula assina ordem de serviço para construção da Casa Abrigo e Casa Lar

Crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e profissionais que atuam no acolhimento institucional ganharam importante investimento na manhã desta quinta-feira, 10, com a assinatura da ordem de serviço para a construção da sede própria da Casa Abrigo e Casa Lar. Em uma área total de 9.200 metros quadrados, situada na avenida João Moreira Sales, bairro Dona Beja, será construído o complexo com valor contratado de R$ 2.509.209,57 milhões. A execução da obra será feita pela Quartzo Engenharia – empresa de Patos de Minas – convocada por meio de licitação. A conclusão está prevista para sete meses. Atualmente, as duas instituições atendem juntas crianças e adolescentes de até 18 anos que tiveram que ser afastadas do convívio familiar em razão da vulnerabilidade ou situações de risco vivenciadas no seio familiar. O prefeito destaca o comprometimento e a gratidão a todos os profissionais empenhados em oferecer melhores condições a quem não tem condições de batalhar por conta própria.  “Se você não pode caminhar no escuro, acenda uma vela. Essas obras são para crianças desamparadas e esquecidas que serão tratadas com muito mais carinho, com condições e sentimento humanitário muito maior que serão agasalhadas por uma casa que se transformará no desejo de todos nós. Um templo de bondade e respeito. Essa casa tem muito das características da promotora Dra. Mara Lúcia Silva Dourado, do nosso Conselho Municipal, da Fundação da Criança e Adolescente, de todos que passaram ou trabalham nessas casas. Representa o sentimento de uma gente boa, que sabe o que quer e luta por todos aqueles que não têm condições de lutar”, lembra o prefeito. A promotora Mara Lúcia Silva Dourado destaca a importância do Executivo em atender à reivindicação de dispor de sede própria para as instituições.  É preciso que ela seja acolhida em um ambiente harmonioso, alegre e bonito que amenizem esse drama. Hoje, temos duas casas no município e a construção desse complexo é uma reivindicação antiga do Ministério Público, profissionais que lidam com essas crianças e da lei. A legislação traz uma série de requisitos técnicos para o funcionamento desses espaços, e esse complexo vem atender justamente essa legislação. A obra seguirá as normas técnicas do serviço de acolhimento institucional”, afirma a promotora. O presidente da FCAA, Edson Justino, reforça a importância da sede própria. De acordo com o sócio proprietário da Quartzo Engenharia, Thiago Augusto Silva Ribeiro, a limpeza do terreno será iniciada na próxima segunda-feira. Em seguida, será iniciada a etapa de ligação de água e energia provisórias para funcionamento da obra. “A mão-de-obra é em 90% local, inclusive a parte de engenharia. Trarei apenas um encarregado que fará uma vistoria prévia do local. Pedreiros, serventes, carpinteiros, armadores, toda a parte operacional será da cidade. Já estamos contratando empresas para fazer a parte de terraplanagem e equipamentos de remoção de entulho. Provavelmente, para o cumprimento de cronograma, trabalharemos com cerca de 30 pessoas operacional. Indiretamente terão funções específicas de elétrica, hidráulica, bombeiros, vigias e apoios indiretos”, detalha o engenheiro.