Destaque »

Faltam 9 dias para o mineiro escolher os novos Presidente e o Governador

19 de outubro de 2018 – 20:12 |

Faltando nove dias para o embate final nas urnas, para a decisão do segundo turno da contenda eleitoral,  para o cargo de presidente da república do Brasil e para o cargo de  governador de Minas …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Notícias

Araxaenses foram ás ruas em protesto contra as reformas do governo federal

Na última sexta-feira, dia 28 de abril de 2017, milhares de pessoas em diversas cidades do Brasil se manifestaram nas ruas contras as reformas sociais propostas pelo Governo Federal, entre elas as reformas trabalhista e da previdência social. Em Araxá o movimento também levou centenas de pessoas  ao calçadão da Rua Presidente Olegário Maciel no centro da cidade na manhã da sexta-feira. O protesto pacífico foi encabeçado por centrais sindicais e movimentos sociais, com adesões de cerca de 15 sindicatos locais, escolas, igreja católica, estudantes , organizações não governamentais e clubes  de serviço de Araxá. O protesto durou cerca de 3 horas e neste espaço de tempo, vários miltiantes sindicais, e represententantes de entidades de classe se revezaram com discursos e palavras de ordem contras as medidas propostas pelo presidente da república Michel Temer. Um palanque com som mecânico foi montando na entrada do calçadão ao lado da avenida Antônio Carlos. Com faixas e cartazes, os manifestantes reforçaram a indignação contra as reformas da Previdencia social e mudanças na legislação trabalhista defendidas pelo governo do presidente Michel Temer do PMDB, que acreditam ser um afronta as conquistas do trabalhador e beneficiário da previdência. De acordo com o Hely Aires da Silva presidente do Sinplato, “ o nosso objetivo é recolher assinaturas em um manifesto oficial que será encaminhado a todas as lideranças políticas nacionais, estaduais e municipais  com votos nos municípios que compõem a base das entidades sindicais da região. O protesto em Araxá terminou sem nenhum incidente e foi acompanhado de perto pela Polícia Militar.