Destaque »

Começou o Fliaraxá 2017: Até domingo Araxá respira arte, cultura e conhecimento

17 de novembro de 2017 – 21:43 |

O Ministério da Cultura e o Circuito CBMM de Cultura estão apresentando  a sexta edição do Fliaraxá – Festival Literário de Araxá, que teve início na última quarta-feira, dia 15 de novembro de 2017 e …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Esporte e inclusão social na 13ª Semana da Pessoa com Deficiência

Semana da Pessoa com Deficiência está em sua 13ª edição em Araxá e será realizada a partir do dia 22 de agosto, com diversas atividades que focam o esporte e a integração das pessoas portadoras de deficiências com a comunidade.

De 22 de agosto a 2 de setembro, a cidade de Araxá receberá a 13ª edição da Semana da Pessoa com Deficiência 2012. Atividades focadas para o incentivo do esporte e o social serão realizadas, com o objetivo de promover a integração das pessoas portadoras de deficiência com a comunidade. A primeira atração da semana será a realização de uma missa de abertura, na Igreja Matriz de São Domingos, a partir das 19h, abrindo a semana organizada tradicionalmente pela Associação de Assistência à Pessoa com Deficiência de Araxá (Fada).

De acordo com a diretora administrativa da Fada, Maria Conceição Aguiar Santos, mais conhecida como Cota, a semana também vai ter a tradicional passeata que reivindica a inclusão social entre todos. “No dia 24 [sexta-feira], a gente realiza a tradicional passeata com o tema deste ano que é a ‘Igualdade social para as pessoas com deficiência’. Nessa passeata, a gente concentra na praça do Colégio Dom Bosco, às 8h da manhã, com trajeto Mariano de Ávila, Olegário Maciel e praça Governador Valadares. Nessa passeata, a gente está solicitando a participação de toda a comunidade de Araxá, de todos os segmentos, entidades, escolas e instituições”, disse.

No domingo, 26, a semana também receberá o Dia V, promovido pela unidade araxaense do Sesi/Senai. “Nós teremos várias atividades artísticas, cultural, de saúde, de beleza. É um momento em que a gente pretende reunir a comunidade araxaense e as instituições no momento de lazer, de cuidados e de atenção às pessoas com deficiência. O atendimento será em frente à Fada, localizada na Rua Jaime Jacob Ávila, 645, bairro Silvéria”, relatou Cota.

Ela destacou que a semana vai abrir um grande espaço para o incentivo da prática esportiva com as pessoas portadoras de deficiências físicas e visuais. “No dia 31 de agosto, a gente inicia o campeonato mineiro de basquete em cadeiras de rodas, no ginásio do Colégio Dom Bosco, onde que já temos a participação de seis entidades do Estado de Minas Gerais, que corresponde à segunda etapa estadual. Nesse mesmo dia, teremos início do Campeonato de Goalbal, no ginásio da Escola Estadual Delfim Moreira, que é o esporte para pessoas cegas. É o segundo ano que a gente realiza a Copa Amigos da Fada. Já contamos com a participação de nove cidades dos Estados de Minas e de São Paulo”.

A programação da Semana da Pessoa com Deficiência reserva, ainda, como atrações, o “Baile Amigos da Fada”, que será sábado, 1°, no Girassol Clube de Campo, às 22h, e no dia seguinte, 2, a entrega de premiações dos campeonatos no Colégio Dom Bosco. “A Semana da Pessoa com Deficiência vem buscar a inclusão das pessoas com deficiência, buscar a autoestima e a integração delas com a comunidade. O esporte é uma atividade que beneficia muito essas etapas de inclusão e de autoestima. Por isso que a gente relaciona o social e o esporte para criar esse momento único de inclusão dessas pessoas com deficiências visuais e físicas que vão participar”, comentou Cota.

Ela acredita que nesses 13 anos de semana, o evento já conseguiu muitas conquistas em prol da comunidade, mas, segundo ela, o deficiente físico e o visual precisam de mais melhorias no que tange a acessibilidade, por exemplo, em locais públicos. “O que limita muito as pessoas com deficiência são as barreiras arquitetônicas, que são as barreiras físicas referentes ao meio urbano e aos edifícios. Isso limita e exclui ainda muito as pessoas com deficiência, pois elas não têm a independência e autonomia de ir e vir dos lugares públicos. Temos muita exclusão dos surdos, que, também, a maioria, 99% dos lugares, não está adaptada para ouvir, conversar e atender as pessoas surdas. Estamos em busca da convivência igualitária”, afirmou a diretora administrativa.

E se depender de Cota, a Semana da Pessoa com Deficiência deste ano vai continuar em busca da convivência igualitária. “Quando iniciamos essa semana, 13 anos atrás, não se falava em nada, não se conhecia a acessibilidade. As pessoas com deficiência eram vistas de uma maneira muito afastada da comunidade, muito de ‘coitadinho’ e tinha muito ‘paternalismo’. Hoje percebo que isso diminuiu muito. São 13 anos já trabalhados para que a gente possa melhorar a conscientização e as atitudes das pessoas da comunidade, dos Poderes Públicos, quanto ao respeito dos direitos da pessoa com deficiência, e espero que a semana continue contribuindo para o desenvolvimento da sociedade com relação a esse tema”, concluiu.

A 13ª Semana da Pessoa com Deficiência conta com os apoios do Sesi/Senai, Colégio Dom Bosco, Escola Estadual Delfim Moreira, Rotary Clube Araxá Sul, Lions Clube, Girassol Clube de Campo, dentre outros parceiros.