Destaque »

Lídia Jordão faz palestra no 13º Encontro Mulheres com Direito

17 de maio de 2019 – 19:12 |

Lídia Jordão representou Minas Gerais, juntamente com mais nove mulheres da área do Direito, de outros estados do País. Ela foi convidada pela coordenação geral  do Encontro, através da Drª Fabiana Garcia. Para Jordão, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Educação

Colégio de Araxá protagoniza novos tempos

O Colégio Salesiano Dom Bosco de Araxá, através do Projeto Somos da Cor, tem levado a cabo uma série de atividades que corroboram para a construção de novas mentalidades. A valorização da cultura afro-brasileira é indubitavelmente um dos eixos de atuação do referido projeto. Referência na cidade de Araxá pela execução da lei 11.645/08 que regulamenta o ensino da culturalidade afro-brasileira bem como sua história, a escola salesiana de Araxá é uma das mais atuantes na Inspetoria São João Bosco. Em um breve panorama atitudinal dos anos de desenvolvimento das atividades, destacam-se as seguintes ações: Chica da Silva: Rainha dos diamantes, Carolina em Preto e Branco que foi afeto à sacramentana Carolina Maria de Jesus (icônica da literatura marginal), Elza Soares – Múltipla, Mostra de Arte e Cultura e Papo Cult – Diálogos Inculturais. O Papo Cult é uma proposta desafiadora que prioriza o protagonismo juvenil e o estreitamento de laços acadêmicos com outros profissionais maiúsculos. Através de mesas redondas, o Papo Cult se consolida como uma proposta filosófica no ambiente escolar que se volta à discussão e reflexão de temas como o empoderamento feminino, questões de gênero, identidade sexual e afins, meio ambiente e a desconstrução do racismo/preconceito. O Projeto Somos da Cor tem a peculiaridade de ser dialógico aos procedimentos pedagógicos do colégio, o que o torna essencial na conscientização de novas posturas frente às demandas sociais contemporâneas. A proposta pedagógica pastoral do Colégio Dom Bosco é única na cidade por prover conhecimento aliado à formação humana. Calcado no Sistema Preventivo de Dom Bosco, o projeto em tela marca um tempo em que as mudanças fazem ressoar novos hábitos e práticas pedagógicas. A valorização das diferenças, num mundo marcadamente balizado pelo comum, torna-se cada vez mais necessária e premente. A escola consciente deve ser antenada de que não só o conhecimento estanque supre as necessidades sociais e temporais e sim a imbricada relação entre o ser, o conhecimento e o transcendente. É dessa forma que transformamos o mundo…