Destaque »

Comandante da Capitania Fluvial de Minas Gerais visita Araxá

20 de fevereiro de 2020 – 19:24 |

A Capitania Fluvial de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte desde dezembro de 2018, está ampliando sua área de atuação e deve instalar unidades no Triângulo Mineiro e região do Rio Paranaíba. No …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Cultura

Sempre um Papo: Escritor araxaense Rodrigo Feres lança livro e projeto literário inédito

IMG_2807Leitura com trilha sonora: uma combinação diferente, mas perfeita e harmoniosa.  E essa novidade especial deu o tom na noite fria de São Pedro, lá no palco do Teatro Municipal de Araxá, na última quarta-feira, dia 29 de junho de 2016, em mais uma edição do evento “Sempre um Papo”, que, desta vez, brindou Araxá com um agradável bate papo com  o escritor filho da terra, Rodrigo Feres, de 45 anos, que, além de debater e interagir com a seleta plateia, tocou violão, cantou e fez o lançamento do seu último livro, “Tudo o que Não Tem  Fim”, que se notabilizou ao criar um modelo inédito de leitura – o Levir – Ler e Ouvir, cuja estratégia consiste em o livro poder ser lido e ouvido, ao mesmo tempo, na plataforma digital, em e-book. Agora a Editora Sesi SP publica o livro físico que apresenta uma compilação de três contos, “Lola-MTZ01”,  “Nahari” e “Naloyas”, em textos que mesclam suspense, magia e descobertas dos potenciais ocultos nos seres. Para seguir a linha editorial de seu trabalho, o livro  conta com palavras marcadas e linkadas a um QR Code que dá acesso à mesma trilha sonora, porém disponível apenas no site. Rodrigo Feres é araxaense, formado em Administração, com especialização em Comércio Exterior e pós-graduado em Marketing pela FGV. Sempre conciliou seu trabalho com atividades musicais e projetos culturais. Rodrigo teve contato com o violão aos 11 anos, e foi desenvolvendo habilidades em instrumentos diferentes e em formas alternativas de execução. Também é escritor, autor dos e-books com trilha sonora exclusiva.  Os e-books da Levir são uma iniciativa pioneira no cruzamento da música com a literatura. São distribuídos pela Apple, internacionalmente, pela Saraiva Online, Play Store da Google e pelo e-commerce do próprio autor. Durante o bate papo, que durou em torno de uma hora e meia, Rodrigo fez um relato detalhado sobre a evolução de seu projeto até chegar ao livro com a introdução da música. Ele também comentou sobre seu próximo livro que deverá ser lançado em 2017. No final do evento “Sempre um Papo e o Circuito CBMM de Cultura” que é chancelado pela mineradora CBMM, o escritor araxaense recebeu os cumprimentos e abraços de amigos e familiares e autografou sua última obra literária, “Tudo o que Não Tem Fim”.

EXTRA:Rodrigo-Feres

Antes do evento, Rodrigo Feres recebeu a reportagem do  JORNAL INTERAÇÃO e, numa entrevista exclusiva, disse que “o Projeto Levir é inédito, e o principal dele é que são músicas especiais criadas para o texto. O bacana é que o Levir já foi adotado pela Biblioteca Nacional como um projeto de leitura. Todas as músicas são compostas especificamente para o texto.” O escritor disse ainda que “é um projeto que está fazendo a diferença para muitas pessoas que passaram a ler seduzidas por uma trilha sonora.” Sobre Araxá, a sua terra natal, Rodrigo afirmou: “Araxá, para mim, é muito importante e juntamente com meu saudoso pai [o médico Jorge Feres] e toda  a minha família, inclusive minha querida mãe, que está na  plateia, sempre me deram apoio, suporte e uma bagagem muito grandes nesta trajetória. Esse é um dos legados que meu pai e  minha mãe deixaram para mim, norteado pela garra, o trabalho,  dedicação, a disciplina e o respeito. São valores que fazem parte desse projeto e da minha vida.” Ele contou também: “A música  começou em minha vida aos 14 anos de idade, mas a literatura sempre esteve comigo. No entanto eu comecei  a escrever para valer mesmo há cerca de seis anos.” Rodrigo Feres, mesmo com intensas atividades e projetos diversos na dinâmica e concorrida carreira de escritor, com palestras, viagens, lançamentos e divulgação do projeto Levir, revelou ao  JORNAL INTERAÇÃO: “Continuo morando em Araxá, ao lado de minha família. Mesmo com a intensidade do ofício e dos projetos literários, dá bem para conciliar tudo e viver na minha cidade natal. Finalizando, Feres declarou: “Eu entrei mesmo, de cabeça, no fascinante universo das letras e estou vivendo, com o sucesso do  projeto Levir, a melhor fase da minha vida e carreira profissional. E para mim, é uma honra muito grande fazer parte desse outro projeto consagrado e concorrido, que está completando, este ano, 30 anos de pleno sucesso, que é o ‘Sempre um Papo’”.
IMG_2808 IMG_2810