Destaque »

Ganso empata com Valeriodoce e continua no G4

24 de setembro de 2018 – 19:49 |

Em partida válida pela décima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, versão 2018, chancelado pela Federação Mineira de Futebol, na manhã do último  domingo, dia 23 de setembro, o time do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Esporte

Tite é o novo técnico da Seleção Brasileira

Tite é o novo técnico da Seleção - caderno esportesTite é o novo técnico da seleção brasileira. Treinador mais vitorioso da história do Corinthians e nome quase unânime entre torcedores brasileiros, ele foi confirmado como novo treinador da seleção até o final da Copa do Mundo da Rússia, em 2018. O novo comandante da seleção tem 55 anos e chega ao time nacional como um dos preferidos pela maioria dos torcedores. A confirmação veio após o técnico se reunir com a diretoria do Corinthians durante a tarde, pouco mais de 12 horas após conversar por quase três horas com o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, na noite de terça, no Rio. “Tite a partir deste momento não trabalha mais conosco. Ele aceitou o convite da CBF. Hoje à tarde foi o último treino dele. No jogo de quinta e amanhã ele não dirige mais o time. Junto com ele sai Cleber Xavier, Matheus e Edu Gaspar”, explicou o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade. Assim, junto com o Tite, também vão para a seleção seus auxiliares e o gerente de futebol do clube. A confirmação de Tite veio um dia após a CBF implodir toda a comissão técnica da seleção. Às 15h de terça-feira, a entidade anunciara que o técnico Dunga, o coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi e toda a comissão técnica estavam dispensados. Não havia multa contratual que impedisse o acerto com a CBF e o Corinthians também não dificultou a saída do treinador mais vitorioso de sua história. O clube já analisa nomes para substituí-lo e o treinador não vai sequer comandar a equipe na partida contra o Fluminense, quinta-feira, em Brasília. Tite, que já rejeitara um convite, entende que este é o seu momento de assumir a seleção. Ele considera que o Campeonato Brasileiro está apenas começando e que não prejudica o clube ao aceitar comandar a seleção. Em 2015, porém, ele assinou um manifesto pedindo a renúncia de Del Nero da presidente da CBF. Esse manifesto havia sido organizado pelo movimento Bom Senso FC. Tite é natural de Caxias do Sul e tem um vasto currículo. Após pendurar as chuteiras, em 1989, pelo Guarani, o ex-volante iniciou a carreira de técnico no Guarany de Garibaldi, em 1990, e não parou mais. Passou por Caxias (1991/1992), Veranópolis (1992/95), Ypiranga de Erechim (1996/97), Juventude (1997/98), Caxias (1999/2000), Grêmio (2001/2003), São Caetano (2003/2004), Corinthians (2004/2005), Atlético MG (2005), Palmeiras (2006), Al Ain (2007), Internacional (2008/2009), Al Wahda (2010) e Corinthians (2010 até hoje). Seus principais títulos foram: Mundial de Clubes (2012), Copa Libertadores (2012), Copa do Brasil (2001), Campeonato Brasileiro (2011 e 15), Campeonato Gaúcho (2000, 01 e 09), Campeonato Paulista (2013), Copa Sul-Americana (2008), Recopa Sulamericana (2013) e Copa Suruga (2009).