Destaque »

Ganso vence Bétis e fará mais um jogo longe da torcida

16 de agosto de 2018 – 16:16 |

O time profissional do Araxá Esporte Clube, voltou à campo, na tarde da última quarta-feira, dia 15 de agosto ( feriado), para enfrentar o time do Bétis, pela terceira rodada da primeira fase do Campeonato …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +, Turismo

Araxá sediou o II Congresso Mundial dos Aposentados

Representantes de vários países participaram do evento

Araxá sediou o 2 Congresso Mundial

Araxá sediou o 2 Congresso Mundial

Durante três dias, Araxá sediou o II Congresso Mundial dos Aposentados. Um evento internacional que teve  como palco o Grande Hotel do Barreiro e reuniu mais de 700 pessoas do Brasil e convidados, ativistas, especialistas e lideranças sindicais de diversos países como Paraguai, México, Argentina, França e Itália. O Encontro foi organizado pela Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (COBAP). A Prefeitura de Araxá, através da Secretaria Municipal de Turismo e Eventos, também se fez presente ao evento. Na abertura do evento, a secretária de Turismo e Eventos, Régia Côrtes, representou o prefeito Aracely de Paula. Durante o Congresso internacional, a  Secretaria Municipal de Turismo e Eventos montou um guichê com informações turísticas no local em que as convenções acontecem e vai promover passeios panorâmicos pela cidade e em lojas de artesanato e souvenirs, movimentando a economia e contribuindo para tornar Araxá uma cidade ainda mais conhecida. O primeiro dia de palestras do II Congresso Mundial, realizado na quinta-feira (9), resultou em grande participação e satisfação dos congressistas. Após a palestra de abertura do presidente da Anfip, Vilson Romero, o espanhol José Carlos Baura Ortega, representante da Organização Ibero-Americana de Seguridade Social, falou sobre o Welfare State na Europa, onde o Estado garante padrões mínimos de educação, saúde e bem estar para todos os cidadãos. A última palestra do dia ficou por conta de Baldur Schubert, representante da Anasps e da Organização Ibero-Americana de Seguridade, que proferiu sobre o papel do Centro Ibero-Americano de Autonomia Pessoal e Ajudas Técnicas. As palestras serão disponibilizadas no site da COBAP após o congresso. Na sexta-feira, 10, os dirigentes da Organização de Aposentados e Pensionistas do Estado de Vera Cruz, no México, Maria Izabel Reyes Péres e Francisco Jimenez Reyes, relataram a situação dos aposentados mexicanos que também se organizam em movimentos para lutas pelos seus direitos. O coordenador da CSP Conlutas, Atenágoras Lopes, fez um relato sobre a situação política, econômica e social do país e os ataques à previdência pública, sofridos em todos os governos. Para Atenágoras “é preciso o povo se libertar dos partidos políticos para poder lutar pela classe trabalhadora e de aposentados”.  O argentino Jorge Garcia, da Comissão de Aposentados do Sindicato do Petróleo e Gás Privado de Chubut, também falou sobre previdência. Segundo o dirigente, na Argentina os aposentados vêm sofrendo fortes ataques, inclusive com a retirada de gratuidade de medicamentos para idosos.  Sobre a grave situação da Petrobrás no Brasil, falou o pesquisador Durval Júnior. “A empresa pública é quem sustenta o Brasil e está sofrendo seríssimo risco de ser privatizada, através do PLS 131, que desobriga a Petrobrás a participar do pré-sal”. No encerramento do segundo dia de palestras o senador Paulo Paim denunciou projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional e representam sérias ameaças para os trabalhadores e para os direitos humanos. Paim também ressaltou a importância da luta pela volta do Ministério da Previdência. A reportagem do JORNAL INTERAÇÃO acompanhou a culminância do evento no último sábado, dia 11 de junho de 2016, que foi marcado pelas últimas palestras do II Congresso Mundial de Aposentados, em Araxá. No período da manhã, o deputado italiano, Fábio Porta, destacou o evento como “um exemplo de democracia num momento difícil do país”. Porta também contou que na Itália a sociedade participa ativamente das decisões políticas. “O governo italiano disse que precisamos cortar gastos, então decidimos reduzir em 30% o número de parlamentares”, afirmou.  Ainda da Itália, o secretário geral da União Italiana dos Trabalhadores Reformados – UILP, Romano Belíssima, palestrou sobre O Sistema Previdenciário Italiano e, atendendo a demanda da plenária, falou também sobre as organizações de trabalhadores e aposentados na Itália, que no momento luta por uma reforma geral política. o período da tarde o Conselho Jurídico da COBAP formado pelos advogados Guilherme Portanova, Maria de Lourdes Dornelles, Alexandre Valera, Gabriel Dornelles, Osório Diesel, Alexandre Dornelles e Jussara Polanski, relataram a luta travada no judiciário para garantir os direitos dos aposentados. Fator previdenciário, decadência, aposentadoria especial, reforma da previdência e a Desvinculação de Receitas da União (DRU) foram alguns dos temas tratados.  A última palestra do congresso foi sobre Qualidade de Vida e Envelhecimento Ativo, com o cirurgião dentista Carlos Shioya. Carlos apresentou tratamentos para paralisia facial e defendeu a adoção do tratamento pelo Sistema Único de Saúde – SUS. No final do encontro o colegiado do Congresso Mundial dos Aposentados, Pensionistas e Idosos  definiu que a edição da terceira edição do evento será realizada na Itália ano que vem.

dep italiano - Fábio Porta

dep italiano – Fábio Porta

Espanhol José Ortega - Ibero-Americana de Seguridade Social

Espanhol José Ortega – Ibero-Americana de Seguridade Social

José Garcia - Ass. Aposentados da Argentina

José Garcia – Ass. Aposentados da Argentina

Romano Belissima - Sec União dos Trabalhadores da Ítalia

Romano Belissima – Sec União dos Trabalhadores da Ítalia

sadepuita seatenagoras semexicano sepaim

Vilson Romero - pres. Assoc Nac Receita Federal

Vilson Romero – pres. Assoc Nac Receita Federal