Destaque »

CRUZEIRO É HEXACAMPEÃO DA COPA DO BRASIL

18 de outubro de 2018 – 17:38 |

Quarta-feira foi disputada a final da Copa do Brasil em Itaquera. Cruzeiro e Corinthians fizeram a grande final, que foi decidida praticamente pelo VAR – árbitro de vídeo. Jogando em casa, o Corinthians começou pressionando, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Meio Ambiente

Estudo mostra que Marte está saindo de uma era glacial

2016-05-26t182111z_1653199515_tm3ec5q13nm01_rtrmadp_3_space-mars-climateMarte está saindo de uma era glacial, após atravessar múltiplas fases de mudança climática, segundo medições de radar feitas em suas camadas de gelo polar para um estudo publicado no final da última semana pela revista “Science”. A análise dos dados assinala que o planeta viveu uma era do gelo da qual começou a sair há cerca de 370.000 anos. Entender o clima marciano ajudará a determinar quando o planeta foi habitável no passado e como mudou esse estado, além de servir para os estudos sobre a mudança climática na Terra. Os modelos sugeriam que o seco e poeirento planeta vermelho passou por épocas glaciais no passado, mas os dados empíricos para confirmá-lo eram poucos. No estudo, o pesquisador Isaac Smith, do Instituto de Pesquisa do Sudoeste em Boulder (Estados Unidos), e sua equipe usaram um radar para estudar as camadas de gelo dentro das calotas polares de Marte, para o que empregaram o equipamento da sonda espacial Mars Reconnaissance Orbiter, lançada em 2005 e destinada a aumentar o conhecimento desse planeta. À medida que o gelo derrete, o vento pode criar canais em forma de espiral e outros traços identificáveis, razão pela qual rastrear essas marcas dentro da camada gelada pode revelar as mudanças no fluxo e no acúmulo do gelo em épocas passadas e, portanto, as mudanças no marte1clima. Enquanto a camada de gelo no sul é “relativamente pequena e está alterada pelo impacto de meteoritos”, os pesquisadores puderam traçar as camadas dentro do gelo no norte. Dessa forma, descobriram que as camadas e as trajetórias de migração do gelo aumentam, mudam de direção de forma brusca ou estão completamente enterradas. Estes dados e outros analisados no estudo confirmam, segundo os pesquisadores, o final de um período glacial em Marte.