Destaque »

Francelino Cardoso Júnior: Levando a vida contando boas histórias

21 de setembro de 2018 – 16:59 |

No final da semana que passou ( sexta-feira, dia 14 de setembro),  os pequenos alunos da Escola Municipal Alice Moura de Araxá, foram presenteadas com a visita do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Galo vence Racing da Argentina e avança na Libertadores

gols_atletico_mg_racing_libertadoresO Atlético-MG venceu o Racing por 2 a 1 na noite da última  quarta-feira no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores e garantiu a classificação para as quartas de final do torneio, nas quais enfrentará o São Paulo, que se classificou mesmo perdendo para o Toluca. Os gols da vitória foram marcados por Carlos e Lucas Pratto, enquanto Lisandro López descontou para os argentinos. > São Paulo perde do Toluca, mas avança às quartas da Libertadores Com grande festa da torcida mineira no estádio Independência, o Galo começou a partida com grande volume de jogo e conseguiu abrir o placar aos 16 minutos do primeiro tempo. Após boa jogada pela direita, Lucas Pratto cruzou e Carlos conseguiu desviar bem para fazer 1 a 0. Pouco depois, no entanto, Leandro Donizete cometeu pênalti em Lisandro López e, na cobrança, o próprio atacante deixou tudo igual. O empate com gols ia dando a classificação aos argentinos, por isso o Atlético-MG voltou a pressionar e criar chances, mas não conseguiu voltar a mexer no placar até o intervalo. Somente aos 26 minutos do segundo tempo veio o alívio pro Galo. Responsável pela assistência no primeiro gol, dessa vez Lucas Pratto apareceu como artilheiro, fazendo 2 a 1 de cabeça para garantir a vitória e a classificação. > Corinthians empata com o Nacional-URU e é eliminado em Itaquera Nas quartas de final, o Atlético-MG reencontrará o São Paulo, que também nesta quarta-feira garantiu a classificação mesmo perdendo por 3 a 1 para o Toluca, no México. Em 2013, o mesmo duelo brasileiro aconteceu nas oitavas de final, ocasião em que o Galo não só levou a melhor como acabou conquistando o título inédito da Libertadores.