Destaque »

Lídia Jordão faz palestra no 13º Encontro Mulheres com Direito

17 de maio de 2019 – 19:12 |

Lídia Jordão representou Minas Gerais, juntamente com mais nove mulheres da área do Direito, de outros estados do País. Ela foi convidada pela coordenação geral  do Encontro, através da Drª Fabiana Garcia. Para Jordão, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Robinho faz dois, Atlético-MG vence Tupi-MG e busca liderança no clássico

25945937195_3bb1eb55ac_oNão faltaram vontade e chances para o Tupi-MG contra o Atlético-MG, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro. Mas o Galo da capital foi letal, viu Robinho marcar mais dois gols, assumir a artilharia da competição com cinco, e saiu com a vitória por 3 a 0 na noite deste domingo, no estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora. Lucas Pratto fez o primeiro para o Galo após receber lindo passe de Cazares. O Galo ampliou só na segunda etapa, com os dois gols de Robinho que recebeu passe de Carlos César e Luan. Com o resultado, o Galo chega a 17 pontos e fica em segundo lugar na tabela e, na próxima rodada, busca a liderança no clássico contra o Cruzeiro. O Tupi-MG permanece com 9 pontos, cai três posições e fica na última posição antes da zona de rebaixamento, em 10º lugar. Na próxima rodada, o Atlético-MG faz o clássico contra o Cruzeiro, no Independência, às 11h do domingo de Páscoa. No mesmo dia, o Tupi-MG vai até Patos de Minas enfrentar a URT, às 16h, no Zama Maciel. O Tupi-MG começou com mais posse de bola e tentava impor o ritmo de jogo. O Atlético-MG foi aos poucos tentando retomar o controle da partida e abriu o placar aos 15 minutos. Cazares achou Lucas Pratto livre na entrada da área após belo passe por cima da defesa. O atacante argentino dominou no peito, ajeitou e só escolheu o canto na saída de Glaysson para fazer 1 a 0. O Atlético-MG controlava as ações do jogo após o gol e rondava a área do Tupi-MG com perigo. O time de Juiz de Fora melhorou no jogo e ameaçava com chutes de fora da área e com as jogadas pela direita com o lateral Osmar. Em um dos chutes de longe, William Kozlowski bateu forte e obrigou Giovanni a fazer grande defesa. No lance seguinte, Osmar cruzou para Kozlowski que cabeceou com perigo e o primeiro tempo terminou em 1 a 0 para o time da capital. O Galo voltou com Robinho que entrou para fazer a organização do time. No primeiro toque na bola deixou Clayton em ótimas condições pela direta, mas ele cruzamento foi forte. O Tupi-MG respondeu com Hiroshi que arriscou de longe e a bola raspou a trave direita de Giovanni. Robinho fez bela jogada para o Atlético-MG, passou por toda defesa, por Glaysson, rolou para trás e Sidimar cortou. O Tupi-MG voltou a arriscar de longe, desta vez, com Filipe Alves e o goleiro do Atlético-MG defendeu. Em seguida, Vinícius Kiss perdeu grande chance. O volante recebeu no campo de defesa, ganhou do zagueiro Tiago e saiu de frente para Giovanni. Ele tentou tocar por cima, mas o goleiro do Galo saiu bem e defendeu. Clayton e Robinho tentavam levar o visitante ao ataque. Em jogada pela direita, o camisa 7 cruzou e Glaysson dividiu com Lucas Pratto. Na sobra, Clayton finalizou e o camisa um do Tupi-MG saiu nos pés do atacante para defender. O time de Juiz de Fora se mantinha atrás do gol do empate que quase saiu com Hiroshi. Osmar cruzou na cabeça do meia que finalizou forte, mas para fora. Coube a Robinho a tranquilidade para o Atlético-MG. Lançamento de Carlos César e o camisa 7 ficou frente a frente com Claysson. Com calma, ele driblou o goleiro e tocou para fazer o segundo. Robinho ainda fez o segundo dele após receber passe de Luan e fechar a vitória do Galo por 3 a 0.