Destaque »

Lídia Jordão faz palestra no 13º Encontro Mulheres com Direito

17 de maio de 2019 – 19:12 |

Lídia Jordão representou Minas Gerais, juntamente com mais nove mulheres da área do Direito, de outros estados do País. Ela foi convidada pela coordenação geral  do Encontro, através da Drª Fabiana Garcia. Para Jordão, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Meio Ambiente

Capacitação amplia mercado para catadores de materiais recicláveis em MG

170216A partir de junho, os catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis poderão colher os frutos como formandos do curso “Agentes de Gestão de Resíduos Sólidos” e contribuir para o fomento da economia solidária e a preservação do meio ambiente. Para tanto, eles estão aprendendo, neste momento, novas técnicas de manejo do lixo e processos de reciclagem no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), em formação viabilizada em parceria com a Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig). O curso foi preparado a partir das demandas dos catadores e sindicatos de resíduos sólidos. “O objetivo da Utramig é proporcionar o aprimoramento e refinamento da atividade de catador, além de transformá-lo em multiplicador de conhecimento no ambiente de trabalho e na comunidade que reside”, afirma a diretora de Qualificação e Extensão da Utramig, Vera Victer Ananias. A primeira turma, com 21 alunos, prepara-se para atender grandes empresas, órgãos de governo e grandes eventos promovidos pela iniciativa privada ou pelo poder público.  “O intuito do curso é trabalhar a gestão do resíduo sólido, desde a coleta do material, até chegar à destinação para reutilização”, explica a professora do Centro Mineiro de Referência em Resíduos, Aline Veloso.  Além disso, os alunos participam de oficinas, aulas práticas e visitas técnicas aos locais que produzem grande quantidade de lixo. A formação para Agentes de Gestão de Resíduos Sólidos é financiada pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal, em parceria com o Governo de Minas Gerais.  O curso é gerido pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese). Por enquanto, as aulas acontecem somente na capital. O curso possui carga horária de 240h. As aulas acontecem às sextas-feiras, das 8h às 17h. Os participantes recebem auxilio transporte e alimentação durante todo o dia. A formatura está prevista para ocorrer em junho deste ano.“Podemos ampliar para outras cidades, se houver procura”, afirma a diretora de Qualificação e Extensão da Utramig, Vera Victer. “Os catadores que moram em outras cidades podem se unir com os sindicatos da categoria e solicitar o curso nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS)”, orienta.A demanda pela capacitação, então, é encaminhada e avaliada pelo MEC, que autoriza a abertura no município.  Para participar do curso, o interessado deve procurar alguma entidade ou associação ligada ao reaproveitamento de resíduos no seu município e solicitar a implantação da modalidade de curso desejada. A associação, por sua vez, deve enviar a solicitação do curso ao Ministério do Meio Ambiente (MMA). Em Minas Gerais, 145 associações e cooperativas de catadores e trabalhadores com materiais recicláveis estão cadastradas na Bolsa Reciclagem. Instituída em 2011, por meio da Lei Estadual nº 19.823, a Bolsa Reciclagem concede incentivo financeiro às cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis pela contraprestação de serviços ambientais. Durante a construção de propostas ao Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) 2016-2019, o Governo de Minas Gerais propôs, inclusive, a ampliação gradativa dos recursos reservados para aplicação no programa.