Destaque »

Ganso empata com Valeriodoce e continua no G4

24 de setembro de 2018 – 19:49 |

Em partida válida pela décima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, versão 2018, chancelado pela Federação Mineira de Futebol, na manhã do último  domingo, dia 23 de setembro, o time do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Meio Ambiente

Com recorde de temperatura, janeiro foi o mês mais quente da história, afirma Nasa

aquecimento globoal 1Após 2015 ter sido o mais quente já registrado na história, 2016 começou seguindo o mesmo caminho. Segundo a Nasa, janeiro bateu o recorde de temperatura e foi 1,13ºC mais quente do que a média histórica entre os anos de 1951-1980. O período é usado como parâmetro para medir as temperaturas. O número é a mais alta variação já registrada na história para um mês e a quarta vez consecutiva no qual a temperatura fica acima da média: outubro teve alta de 1,06ºC, novembro teve elevação 1,02ºC e dezembro registrou alta de 1,11°C. Segundo os especialistas, o número alto nos termômetros teve como uma “pequena contribuição” a atuação do fenômeno natural “El Niño”, que esquenta as águas do Oceano Pacífico. Em entrevista ao Sydney Morning Herald, o especialista do Instituto Potsdam, Stefan Rahmstorf, afirmou que o fenômeno climático pode causar um aumento máximo de 0,2 graus centígrados, enquanto “mais de 80% da elevação é causada pelo aquecimento global”. Segundo ele, o “El Niño” tende a perder força nos próximos meses, mas as temperaturas devem seguir altas “até que nós não eliminemos o consumo de combustíveis fósseis”