Destaque »

Fiscais da Vigilância Sanitária de 8 cidades participam de oficinas em Araxá

21 de maio de 2019 – 16:42 |

Os profissionais que trabalham com fiscalização no setor de Vigilância Sanitária na Microrregião do Planalto de Araxá se reuniram no último final dee smeana.  Nos encontros as equipes participaram de oficinas onde …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Diversos

Representante da Fiemg e da Global Urban Development são recebidos em Araxá

Os representantes vieram conhecer o projeto da Cidade Tecnológica.

Mais um passo importantíssimo está sendo tomado no projeto da Cidade Tecnológica do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Citat). Estiveram no gabinete da prefeitura, na última quinta-feira, o Assessor Executivo do Sistema da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Adair Evangelista Marques, e o representante da Global Urban Development, de Washington, Estados Unidos, Marc A. Weiss.

Eles foram recebidos pelo secretário municipal de Assuntos Jurídicos, André Sampaio, pela secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Marques, pelo superintendente do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá (IPDSA), Carlos Delfino e pelo assessor especial para Assuntos Internacionais, Alex Ribeiro. O objetivo da visita era apresentar a eles o projeto da Cidade Tecnológica de Araxá.

Marc A. Weiss destacou que ficou impressionado com o nível dos contatos já realizados pela Missão de Araxá, nos Estados Unidos e na Europa. Chegou, inclusive a citar nomes das pessoas que receberam os araxaenses nos Estados Unidos, por conhecê-los.

Ele gostou muito da posição estratégica de Araxá com relação às rodovias e via férrea que leva direto aos portos, facilitando a exportação de produtos. O representante da Fiemg, Adair Evangelista, comentou que Araxá deu, logo de início, uma “arrancada excepcional”, em função dos importantes contatos já realizados no Brasil e no exterior, com os parceiros envolvidos no projeto, tanto com relação às empresas quanto com as universidades.

Projeto da Cidade Tecnológica de Araxá

De acordo com o assessor especial de gabinete, Alex Ribeiro, esse projeto contará com a participação de profissionais da área da educação. “O Parque Tecnológico é uma associação entre as partes que, juntas, criam mecanismos de gestão para coordenar as atividades como pesquisas de extensão e pós-graduação. Existe um conselho científico que determina qual é a prioridade a ser realizada. Então, vamos imaginar que iremos fazer uma pesquisa de fosfato, porque é pouco desenvolvido em termos de pesquisa. Então o grupo vai se reunir, e os professores das instituições vão montar grupos para trabalharem nesse cenário. Funciona igual à universidade, mas ampliado para a produção de patente, de produto e de prestação de serviços”, concluiu.