Destaque »

Lídia Jordão faz palestra no 13º Encontro Mulheres com Direito

17 de maio de 2019 – 19:12 |

Lídia Jordão representou Minas Gerais, juntamente com mais nove mulheres da área do Direito, de outros estados do País. Ela foi convidada pela coordenação geral  do Encontro, através da Drª Fabiana Garcia. Para Jordão, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Presidente do Cruzeiro confirma contratações de Sánchez Miño e Douglas Coutinho

cruzeiromosaicointernaO presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, confirmou, em entrevista exclusiva à Rádio Itatiaia, a contratação dos dois primeiros reforços para a temporada 2016. São eles o meio-campista Sánchez Miño, de 25 anos, que estava no Torino-ITA, e o atacante Douglas Coutinho, de 21, que defendeu o Atlético-PR nas últimas temporadas. “Já temos pelo menos dois jogadores que a gente pode dizer para vocês que a gente já acertou, que são o Douglas Coutinho e o Sánchez Miño. Estes já estão garantidos. Então, a gente tem ainda a possibilidade, e estamos lutando, para reforçarmos ainda mais a equipe e até a passagem de ano, se Deus quiser, a gente pode anunciar outros jogadores que vão fazer esse time nosso melhorar de rendimento ainda mais”, disse o mandatário celeste. Gilvan deixou claro que não pretende se desfazer de jogadores importantes do elenco, como o zagueiro Dedé e o atacante Willian. “A gente sabe perfeitamente que jogadores deste nível são jogadores que todo mundo deseja, todo mundo quer. Mas agora não estamos abertos para estas negociações não e os atletas querem ficar no Cruzeiro, querem ganhar títulos. Ainda mais estes atletas que você citou”, enfatizou.  O presidente do Cruzeiro também falou sobre a possibilidade de a Caixa Econômica Federal assumir o posto de patrocinador máster do Cruzeiro a partir de 2016. Segundo ele, o governador Fernando Pimentel entrou nas negociações, o que pode contribuir diretamente para um desfecho favorável nas negociações. “Nós estivemos com o governador do estado, pedimos a ajuda dele, porque ele é muito ligado ao governo federal, para que a gente pudesse voltar a dialogar com a Caixa. Nós já estivemos quase fechados com a Caixa, mas em janeiro do ano passado (deste ano), com a reeleição da presidente do Brasil, foi trocada a direção da Caixa Econômica e a nova presidente da Caixa não confirmou o patrocínio. Mas agora, com a entrada do governador auxiliando os clubes mineiros, com o esforço também do ministro do Esporte, nós estamos com muita esperança de que agora no mês de janeiro a gente assine este contrato”, explicou.