Destaque »

Comandante da Capitania Fluvial de Minas Gerais visita Araxá

20 de fevereiro de 2020 – 19:24 |

A Capitania Fluvial de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte desde dezembro de 2018, está ampliando sua área de atuação e deve instalar unidades no Triângulo Mineiro e região do Rio Paranaíba. No …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Rei da canelada, o pior técnico, o melhor e o pior juiz de 2015

O apelido “Leãodro” Donizete pode explicar o motivo de o volante atleticano ter sido eleito o mais violento do futebol brasileiro no Pesquisão 2015, com 17,4%. Mas a julgar pela ausência dele na lista dos jogadores mais faltosos do Brasileirão, é possível afirmar que o “título” caberia melhor a qualquer um dos dois nomes que apareceram na sequência. O volante cruzeirense Willians e o zagueiro vascaíno Rodrigo empataram na enquete, e os números de faltas e cartões durante o Brasileirão também confirmam que a disputa é dura. Willians foi um dos jogadores com a maior quantidade de advertências em campo: foram 14 punições com amarelos e duas com vermelho. Foi também o terceiro mais faltoso da competição: 74. Rodrigo também fez por onde valer a “lembrança” dos colegas: foram 12 cartões amarelos e 2 vermelhos. A lista dos jogadores mais violentos incluiu também, na opinião dos atletas, o ex-são-paulino Luis Fabiano. Recebeu 1,8% dos votos, mas que demonstra que o passado “esquentadinho” dele deixou marcas. A  pesquisa com 108 atletas das Séries A e B do Brasileirão 2015. O questionário abordou diversos temas, um deles foi a eleição para melhor e pior técnico do Brasil. Os jogadores elegeram Tite como o melhor e Celso Roth como o pior entre os treinadores que atuam no país. Foram ouvidos atletas de Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco. Tite venceu com folgas. Cerca de 62% dos entrevistados indicaram o técnico. Na sequência aparecem Mano Menezes e Dorival Jr., com 4,6%. Roger Machado ficou em oitavo com 3,6%. Já entre os piores, Celso Roth teve 14,7%. Luxemburgo e Enderson Moreira ficaram em segundo com 8,2%. Os jogadores responderam duas perguntas diferentes e Cuca apareceu em ambos os top 10. Ficou em 4º como melhor e 7º como pior treinador.

* “Quem é o jogador mais violento do futebol brasileiro?”

Leandro Donizete do Galo

Leandro Donizete do Galo

  1. Leandro Donizete (Atlético-MG)

17,4%

  1. Willians (Cruzeiro)

10,1%

  1. Rodrigo (Vasco)

10,1%

4 Jonas (Flamengo)

Celso Roth

Celso Roth

9,2%

  1. Pablo Guiñazu (Vasco)

(Vasco) 5,5%

  1. Leonardo Silva (Atlético-MG)

4,6%

Outros

27,6%

Não opinaram

14,7%

* Juiz bem na fita

Anderson Daronco é conhecido pelo público por ser o árbitro fortão do Campeonato Brasileiro. Mas entre os jogadores ele chama a atenção por outros motivos e está com moral. Ele foi eleito o melhor

juiz do futebol brasileiro pelos atletas da Série A e B com 25,9% dos votos, de acordo com o Pesquisão UOL Esporte. Em segundo lugar na pesquisa, aparece Héber Roberto Lopes com 22,2%, seguido por Luiz Flávio de Oliveira com 17,5%. Leandro Vuaden, que havia sido campeão no ano passado, terminou a pesquisa em quarto lugar. Árbitros como Ricardo Marques Ribeiro, Péricles Bassols, Dewson Freitas e Juan Pierre também foram citados pelos jogadores. Já Ricardo Marques Ribeiro mostrou que não tem a aprovação dos atletas. Ele foi considerado o pior juiz do futebol brasileiro com 16,6% dos votos. Cerca de 27,7% preferiam não responder ao questionamento sobre o pior árbitro.

Tite

Tite

Ricardo Marques Ribeiro - juiz

Ricardo Marques Ribeiro – juiz