Destaque »

Representantes da OAB se reúnem com Vereadores na Câmara

19 de junho de 2018 – 0:41 |

Na tarde da última segunda-feira (11), o Plenário Vereador Guilherme Gotelip Neto recebeu Vereadores, imprensa e diversos advogados do Município de Araxá para uma Audiência Pública. Ainda participaram membros da Diretoria da 33ª …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Guarani goleia com atuação inspirada de seu sistema ofensivo

A goleada de 4 a 1 para cima do Estância foi construída com gols de Robinho, Careca, Ezequiel e Rafael.

Em um dos confrontos do Campeonato Amador, Guarani e Estância jogaram pela quarta rodada, na busca de entrar na zona de classificação para a segunda fase. Com dois gols em cada tempo, a equipe verde conquistou sua segunda vitória consecutiva na competição e assumiu a oitava posição, com 6 pontos. Já o Estância, estacionou nos 4 pontos e está em 12° lugar.

Em menos de dez minutos, três lances de perigo ocorreram nesta partida. Aos dois minutos de jogo, Careca foi lançado em profundidade, arrancou sozinho para a área e chutou, de pé direito, longe do gol de Luís Fernando. Na sequência, Maicon Marlon passou para Renato, que bateu perto da trave esquerda. Robinho também tentou inaugurar o placar em finalização de perna esquerda que se perdeu na linha de fundo com perigo.

Na marca dos 11 minutos, a equipe do Guarani mandou uma bola no travessão. Sem ângulo, Alexandre chegou pelo lado direito e bateu direto, levando perigo ao goleiro Luís Fernando. Dez minutos depois, o placar foi aberto pela equipe do Guarani. Léo recebeu pelo lado esquerdo, arrancou com a bola dominada e tocou na saída de Luís Fernando, inaugurando o marcador.

O meia Preto, do Guarani, ainda quase fez o segundo, em cobrança de falta. O jogador bateu colocado, e o goleiro Luís Fernando fez uma grande defesa, mandando para escanteio. Aos 42 minutos, o time verde aumentou a vantagem. Ezequiel fez o passe entre a zaga adversária, e a bola chegou nos pés de Careca, que, com muita competência, tocou para o fundo das redes, coroando o bom futebol apresentado pelo Guarani na primeira etapa.

No segundo tempo, a partida foi mais difícil para o Guarani, porque o Estância mudou sua postura e começou a desenvolver melhor futebol, com passes bem feitos e finalizações perigosas contra o gol de Xaneco. Aos 17 minutos, o goleiro derrubou Alex dentro da área, e o árbitro Nivaldo de Souza marcou pênalti. Na cobrança, Maicon Herbert, com batida no canto direito, diminuiu para o Estância.

O gol levou maior confiança à equipe alvinegra. O treinador Augusto Paraguaio promoveu algumas alterações em sua equipe como as entradas de Pisquilla, Falcão e Renato, em busca do empate, jogando o time para cima do Guarani. A equipe adversária tentava surpreender o Estância nos contra-ataques e, em uma dessas descidas, definiu o jogo, aos 31 minutos.

Preto recebeu passe oriundo da direita, mas, quando foi dominar, a bola escapou e sobrou para Ezequiel bater na cara do gol e fazer o terceiro. Nos acréscimos, Rafael aproveitou o vacilo da defesa e encerrou o placar em 4 a 1. Este marcador poderia ser outro, pois Léo tinha mandado a bola na rede pela segunda vez, mas o lance foi invalidado pela arbitragem, que apontou impedimento, para revolta de todo o elenco do  Guarani, que alegou que o jogador saíra atrás da linha de zagueiros do time adversário. Após esse lance, o goleiro Luís Fernando levou cartão vermelho por excesso de reclamação e desfalcou a escalação da equipe  para o próximo jogo diante do Tigrão, nas Mangabeiras. Já o Guarani enfrenta a equipe do Ipiranga na AFV, bairro Dona Beja.

Ficha técnica:

Guarani: Xaneco; Batata (Joãozinho), Eduardinho, Carlinhos e Léo; Alexandre (Lucas), Tiãozinho; Ezequiel e Preto (João Ricardo); Careca (Alex) e Robinho (Rafael). Treinador: Márcio Leblanc.

Estância: Luís Fernando; Gederson, Wesley, Bodinho (Falcão) e David; Renato Augusto, Márcio Macaco, Juninho Getho (Pisquilla) e Robinho (Renato); Maicon Marlon (Maicon Herbert) e Alex Marlon (Alair). Treinador: Augusto Paraguaio.

Gols no primeiro tempo: Léo, aos 21 minutos, e Careca, aos 42 minutos.

Gols no segundo tempo: Maicon Herbert, aos 17 minutos, Ezequiel, aos 31 minutos, e Rafael, aos 48 minutos.

Cartões amarelos: Lucas, Ezequiel e Preto (Guarani); Bodinho, Juninho Getho e Robinho (Estância).

Cartão vermelho: Luís Fernando (Estância)

Árbitro: Nivaldo de Souza

Assistentes: Pedro Caetano e Paulo César Viriato

Mesária: Neide Goulart

Artilharia

O artilheiro do Amadorão é Romarinho, do CIT, com 5 gols, seguido por Artur, do GEF, e por Fabrício Caceba, do Grei, com 4 gols e Bruno César, do GEF, Ademílson, do Operário, e Nicolas, do Vila Nova, 3 gols.