Destaque »

Francelino Cardoso Júnior: Levando a vida contando boas histórias

21 de setembro de 2018 – 16:59 |

No final da semana que passou ( sexta-feira, dia 14 de setembro),  os pequenos alunos da Escola Municipal Alice Moura de Araxá, foram presenteadas com a visita do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Mais de 1.500 pessoas foram às urnas em Araxá para eleger novos conselheiros tutelares

O clima era de eleição, mas o cenário não era político. No último domingo, dia 04 de outubro entre 8 horas da manhã e 5 horas da tarde em Araxá; a Escola Estadual Delfim Moreira, localizada na Avenida Getúlio Vargas, coração da cidade de Araxá, foi passo da eleição para a escolha dos integrantes do Conselho Tutelar do Município de Araxá. Durante todo o dia o movimento foi intenso na escola. Todo processo eleitoral em Araxá foi coordenado e acompanhado de perto pela Promotora de Justiça de Araxá, Dra. Mara Lúcia Silva Dourado, que é a Curadora dos Direitos da Criança e Adolescente no município. Segundo ela, “ é muito importante que a comunidade também participe de forma efetiva dos novos conselheiros tutelares, para fortalecer o processo e principalmente legitimar o pleito. Se o cidadão eleger, ele pode cobrar e acompanhar com mais empenho as ações e o trabalho daquelas pessoas que foram eleitas conselheiras.” De acordo com as informações, no final da votação em torno de mi e seiscentas pessoas foram ás urnas para escolher os novos conselheiros tutelares de Araxá. Os eleitos foram; Heloiza Paulino, Graciela Benetolli, Doriane Ribeiro, Giancarla Oliveira e Giovanni Alves. De acordo com a legislação nacional dos Conselhos Tutelares, a posse dos eleitos em todo Brasil vai acontecer no dia 10 de janeiro de 2016. A eleição unificada para a escolha dos novos conselheiros tutelares aconteceu em todo país no domingo passado. O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, ficando estabelecida a exigência de que em cada município terá no mínimo um Conselho Tutelar, como órgão integrante da administração pública local, composto de cinco membros escolhidos pela população local.

Foto Dra Mara Dourado Foto eleição conselho tutelar