Destaque »

CBMM divulga Programa de Estágio para 2020

10 de dezembro de 2019 – 11:37 |

O programa potencializará o talento de estudantes do ensino técnico e
universitário de Araxá.
Com o objetivo proporcionar vivência de mercado aos estudantes de Araxá, a CBMM lança o Programa de Estágio 2020. No período de um …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque

Desfile da Independência retrata 150 anos da bela Araxá

Em um momento de crise econômica crônica, escândalos de corrupção em diversos setores, entidades e empresas, o descrédito total em políticos e sistema de governo, a data de 7 de setembro, feriado nacional para se comemorar os 193 anos da Independência do Brasil, poderia ser uma ótima oportunidade para aproveitar o feriado prolongado para viajar com a família para uma praia, um rancho ou, ao menos, curtir o sol escaldante para ir ao clube, a uma cachoeira ou fazer aquele tradicional churrasco com a família e amigos. Mas se formos olhar a importância desta data, a importância deste País que insiste em sobreviver a tantas atrocidades que lhe são conferidas, aos descasos com seu povo de bem, com suas riquezas naturais, com sua história vitoriosa, é neste momento que aflora o sentimento de patriotismo, despertando a vontade de mudança; é a hora de vestir as cores da bandeira, ir para as ruas demonstrar patriotismo. Assistir ao desfile cívico-militar e participar dele mostrando nossas riquezas, nossos valores, nossa cultura, nossas conquistas, nossos heróis e suas vitórias renova a esperança de um País melhor nesta data que sempre foi esperada para esta tradicional comemoração com o desfile verde e amarelo na maioria das cidades do País.
O Brasil não é o país dos políticos corruptos, não é o país do terceiro mundo, não é o país dos analfabetos, não é o país da criminalidade desenfreada, não é o país da falta de saúde, da falta de educação, do desequilíbrio social. O Brasil pode até estar vivendo este momento, mas, na realidade, é o país da esperança, da vontade, das riquezas naturais, das riquezas culturais, é o país de um povo que nasceu para brilhar, que mesmo com as piores adversidades está sempre conquistando vitórias nas mais diversas situações. Nestes momentos é que o povo mostra sua força.

O Dia da Pátria (também chamado Dia da Independência do Brasil ou Sete de Setembro) é um feriado nacional da pátria brasileira celebrado no dia 7 de setembro de cada ano. A data comemora a Declaração de Independência do Brasil do Império Português, no dia 7 de setembro de 1822.

O céu amanheceu esbranquiçado, com o sol tímido na manhã de segunda-feira de 7 de setembro, mas, rapidamente, numa demonstração de força, o azul turquesa tomou conta do céu, os raios de sol trouxeram o calor que contagiou os participantes do desfile. Em Araxá, a data teve um sentido especial, pois a Parada Cívica local, teve toda uma programação diferente e especial que comemorou os 150 anos de Araxá. Todo evento cívico realizado na Avenida Getúlio Vargas, foi pensado e organizado pela Prefeitura de Araxá, coma chancela executiva da Secretaria Municipal de Educação em parceria com vários setores da administração municipal e parceiros externos. O tema do desfile foi; “Araxá, 150 Anos de História”. De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Gessy Glória Lemos, em entrevista ao JORNAL INTERAÇÃO, “ nós estruturamos o desfile cívico em blocos respeitando uma sequência cronológica da história. As escolas responsáveis, com base em levantamentos históricos, realizam pesquisas e convidaram parceiros com histórico em comum para montagem da parada”. Ainda segundo a Secretária de Educação, “o nosso objetivo principal foi conhecer e valorizar a história de Araxá, ao longo dos seus 150 anos, buscando construir uma consciência crítica e participativa a serviço da coletividade, além de valorizar o patrimônio sociocultural, respeitar a diversidade, o fortalecimento da democracia, relacionar fatos do passado a fatos do presente, entre outros”. O evento começou por volta das 8:30 horas da manhã e reuniu um grande número de pessoas ao longo da Avenida Getúlio Vargas, onde também foi montado um palanque para as autoridades civis, militares e eclesiásticas. A cerimônia foi aberta oficialmente pelo prefeito de Araxá Aracely de Paula, que acompanhou a passagem de diversos blocos que destacaram a cronologia da cidade a partir de 1865. Acompanhando o prefeito, a vice-prefeita Lídia Jordão, a equipe do governo municipal, vereadores, o deputado Bosco, autoridades militares e membros da sociedade civil e organizada prestigiaram o ato de civismo. O desfile cívico-militar foi composto por viaturas, veículos equipados e grupamentos das seguintes representações: Tiro de Guerra, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar Ambiental, DER e Segurança Pública, as escolas municipais, a Fundação Cultural Calmon Barreto e entidades, clubes de serviços, empresas e veículos de comunicação de Araxá, com destaque para o JORNAL INTERAÇÃO, que cumprindo o verdadeiro papel social e de empresa cidadã levou para a avenida amigos, parceiros, colaboradores e vários segmentos de representatividade social e coletiva no município, e demais segmentos que mostraram a rica história do Município. Durante a parada cívica, o prefeito Aracely de Paula, reforçou a importância do desfile temático que reflete o Sesquicentenário de Araxá. Segundo ele, “essa data que vai marcar a história, não só pelos 150 anos, mas pela demonstração de unidade, pela demonstração de civismo e, acima de tudo, pelo comprometimento de Araxá com as suas conquistas e a sua história. Hoje foi um dia muito especial para nós. Deus nos proteja e muito obrigado, Araxá!”, agradeceu o prefeito.

Público:

A boa estrutura montada na Avenida Getúlio Vargas foi suficiente para abrigar o público que compareceu para assistir ao desfile, mas, para muitos, ficou a sensação de que o público poderia ser maior. Talvez o fato da perda da motivação nas edições anteriores tenha trazido uma desconfiança em parte da população que preferiu aproveitar o feriado buscando outra forma de entretenimento. A satisfação contagiou os presentes que não mediram elogios à qualidade do desfile que retratou parte da história dos 150 anos de Araxá, trazendo, para muitos que não estiveram presentes, o sentimento de que perderam um excelente programa.

Ana Cristina Farias levou o filho de 4 anos para assistir ao desfile. “Eu, quando estudante, adorava desfilar. É algo que nunca esqueço. Trouxe meu filho para assistir para que ele possa também desfilar no futuro, quem sabe. Fiquei surpresa com o desfile. Foi muito bonito! Lembrei muito daqueles grandes desfiles do passado”, comentou.
Sr. Marcondes, de 72 anos, acha muito importante a comemoração do 7 de setembro, principalmente para os jovens, para despertar o caráter de patriotismo de cada um, mesmo que o país esteja vivendo uma crise econômica e política de grandes proporções,” analisou.

“Na minha época, adorava participar e assistir aos desfiles, destacando as centenas de bandeirinhas do Brasil tremulando nas mãos de jovens, crianças e adultos; as competições saudáveis entre escolas com os melhores enfeites e as melhores fanfarras; carros e bicicletas totalmente enfeitados com as cores da bandeira do Brasil”, relatou, emocionada, Dona Maria Aparecida Borges.

Os presentes se surpreenderam com o nível do desfile, ocasião em que era comum ouvir na rodas de conversas que se formaram durante o evento, relatos de pessoas mais idosas contando para as mais novas como eram os desfiles em sua época, trazendo um gostoso clima com muita nostalgia.

Juntamente com várias entidades, a imprensa araxaense foi convidada pelo Prefeito para participar do desfile, ajudando a contar parte da história dos 150 anos de Araxá.

DSC07046 DSC07051 DSC07053 Interação AcreditaDSC07068 DSC07069 IMG_1471 IMG_1493 IMG_1494 Interação Acredita 2 Os repórteres Armindo Maia e Alcino de Freitas desfilaram representando toda a equipe de profissionais, colunistas e colaboradores  do Jornal Interação. Tenis 4 Foto  04 - Joãozinho Foto 01 Samira Foto 02 Representando Foto 03 Professor Foto 05 Vanderlei Foto 06 Sérgio Foto 07 A Equipe Foto 08 Maria de Magalhães Foto 09 O Corredor Foto 10 Representando Foto 11 Fechando Foto 12 O Colégio