Destaque »

Francelino Cardoso Júnior: Levando a vida contando boas histórias

21 de setembro de 2018 – 16:59 |

No final da semana que passou ( sexta-feira, dia 14 de setembro),  os pequenos alunos da Escola Municipal Alice Moura de Araxá, foram presenteadas com a visita do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Responsabilidade social

SOU PROFESSOR, SOU UNIARAXÁ/Catia Maria Lemos Melo Zema

ADRIENE

PROFA. ADRIENE COSTA DE OLIVEIRA COIMBRA

Genealogia:

Muito do que a Profa. Adriene é, tem muito haver com seus pais, o saudoso Pedro Inácio de Oliveira e a sempre estimada Lourdes Costa de Oliveira. Na alegria de viver, no compromisso do fazer, o sorriso aberto que cativa e faz amigos.

Uma personalidade jovial e aberta com as emoções e ações entrelaçadas por intenso otimismo. Com verve de guerreira, serenidade no viver, alegria no conviver, nossa homenageada faz acontecer sua história com plena energia e consciência do que é, do que pode alcançar.

No rosto, nos gestos expressivos, estampa-se o humor inteligente, o prazer de viver e acima de tudo o acolher irrestrito. Se existem infinitos motivos para ser pessimista, existem mil outros para ser otimista, olhar a vida de frente, persistir nos reais valores da vida e investir nos sentimentos que sustentam o mundo com sensatez e equilíbrio, geneticamente fortalecidos por conceitos e valores herdados de seus pais.

Família:

Profa. Adriene é casada com Ary Coimbra Filho, que também é de uma simpatia ímpar e têm uma dupla linda de filhos que lhes trazem muitas alegrias, Marcus Vinícius de Oliveira Coimbra e Guilherme de Oliveira Coimbra.

O neto Pietro Veriano Coimbra é resenha de puro amor e felicidade sem fim.

 Formação Acadêmica:

Profa. Adriene é graduada em Letras pela então FAFI, hoje Uniaraxá, tem Pós-graduação lato sensu – Especialização – Literatura em Língua Portuguesa – Interdiscurso entre Machado de Assis e Murilo Rubião – PUC – Minas; Pós-graduação stricto sensu – Mestrado – Literatura em Língua Portuguesa – Essas mulheres machadianas… PUC – Minas; Pós-graduação stricto sensu – Doutorado – Educação – A formação do leitor crítico: um estudo do ensino e da aprendizagem da Literatura nas escolas brasileiras de Ensino Médio e as perspectivas de transformação do sujeito aprendiz. – Universidad Del Mar – Chile

Experiências Profissionais:

Muitos dos alunos de Profa. Adriene tornam-se seus amigos, principalmente os do tempo em que era professora de Língua, Literatura e Redação no Colégio Dom Bosco e Colégio São Domingos.  No Uniaraxá é professora de Leitura e Produção de Textos; Formação do Leitor Crítico e as Perspectivas do Sujeito Aprendiz: Um Estudo do Ensino e da Aprendizagem de Literatura nas Escolas Brasileiras de Ensino Médio. E é

Membro do Conselho Diretor da FCA.

Docência:

Mestra em Língua Portuguesa e Doutora em Educação, Profa. Adriene é reconhecida pela sua atuação na história da Educação de Araxá.

No Uniaraxá é coordenadora de Extensão, atuando também com a Prática de Formação e Estágio Supervisionado; Tópicos Especiais Seminários de Língua e Literatura; Literatura Inglesa. Língua Portuguesa; Literatura Infanto-juvenil; Literatura Brasileira; Prática Pedagógica em Leitura e Produção de Textos Pedagógicos; Língua Inglesa; Leitura e Produção de Textos.

Ser Professor no Uniaraxá:

“Ser Professor no UNIARAXÁ representa uma conquista para mim, visto que desde muito cedo, já sonhara ser professora. Em 2001, quando fui convidada a fazer parte do quadro docente desta Instituição, considerei o convite uma honraria, principalmente, por ter me graduado em Letras pela antiga FAFI, a qual se transformaria, mais tarde, em Centro Universitário do Planalto de Araxá – UNIARAXÁ. Hoje, sinto-me realizada na profissão que escolhi, pois trabalhar na Educação é algo que nos gratifica, engradece nossa mente e nossa alma.

A aquisição de conhecimentos somente tem valor se eles forem partilhados, experienciados conjuntamente. Portanto, ser Professor no UNIARAXÁ é ser mestre em partilhar conhecimentos e saberes; é enfrentar desafios e propor caminhos a seguir; é estar pronto a vivenciar novas experiências e ter a sabedoria de dividi-las com os companheiros de jornada; é conquistar espaços e buscar sempre algo que poderá contribuir para a consolidação de convivências; enfim, é ser mestre na arte de dialogar e de abrir-se ao diálogo como o outro.

Cora Coralina, grande poetisa, afirma: “Nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas”. Todos os dias tenho tido a oportunidade de vivenciar momentos indizíveis e inacreditáveis com as pessoas com as quais convivo no UNIARAXÁ, pois são pessoas com quem compartilho aflições, sentimentos… Mas, especialmente, alegrias e realizações.

Reiterando as doces e sábias palavras da poetisa, como Professora do UNIARAXÁ, procuro pautar minhas ações em enfrentar desafios, atingir propósitos, continuar sonhando por um mundo melhor e, essencialmente, ser uma profissional e uma pessoa melhor a cada dia.

Dessa forma, esta Instituição faz parte da minha vida, assim como eu também faço parte dela. Por isso, sou UNIARAXÁ de coração e mente. Tenho a certeza de que as vivências experienciadas, nesta Instituição, estarão eternamente marcadas em minha vida”.

 Nota da Articulista: O curso de Letras não oferece apenas o domínio do português ou de línguas estrangeiras para o exercício da carreira de professor. Ele estimula o pensamento e amplia a visão de mundo. Pela formação cultural e humanística implícita no curso, considero a Letras fundamental para profissionais de qualquer área, sobretudo para quem como nós somos amantes da literatura.