Destaque »

Cientistas descobrem Cobras que voam 24 metros

12 de julho de 2020 – 1:27 |

As chamadas cobras voadoras são capazes de ondular seus corpos enquanto deslizam pelo ar, e esses movimentos únicos permitem que elas voem, descobriram os cientistas. O animal, chamado de Chrysopelea paradisi, também conhecido como “a …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Saúde

Bosco apresenta ao Governo situação da Santa Casa de Araxá

Parlamentar solicitou apoio emergencial para aquisição de remédios e materiais cirúrgicos, em audiência, com o vice-governador, Antônio Andrade.

As condições de precariedade em que se encontra a Santa Casa da Misericórdia de Araxá, no que diz respeito à escassez de materiais cirúrgicos e da cota de medicamentos, bem como déficit milionário que a instituição enfrenta, foram apresentadas pelo deputado Bosco (PTdoB) ao vice-governador, Antônio Andrade, em audiência realizada na noite da última quarta-feira (28), na Cidade Administrativa.

Na ocasião, Bosco falou sobre a situação insustentável da instituição, que, há uma semana, deixou de realizar cirurgias e de fazer novos atendimentos. Ele elogiou ainda, a administração do hospital, que, segundo o parlamentar, vem se sacrificando para atender as demandas da população de Araxá, Campos Altos, Perdizes, Ibiá, Pratinha e outros municípios da região. “Estamos aqui para uma questão de socorro”, avaliou o deputado. “Nos últimos dias, a Santa Casa esteve contando com materiais emprestados por outras instituições para atender pacientes da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI)”, relatou.

Nessa perspectiva, o vice-governador, se mostrou sensibilizado e disposto a priorizar o diálogo com o secretário de Estado de Saúde, Fausto Pereira dos Santos, no sentido de acatar, emergencialmente, as demandas elementares da instituição, sanado, por hora, a demanda de remédios e materiais essenciais para o restabelecimento dos atendimentos.

Ainda na audiência, o deputado Bosco mostrou ao Antônio Andrade fotos da rodovia 900-AMG-0720, via de acesso principal a Campos Altos, e relatou o prejuízo econômico que a interdição da estrada vem causando na produção agrícola da região. “Essa via é a única que comporta o trafego pesado, isto é, os produtores de café não têm como escoar a produção”, lamentou o deputado. O vice-governador que, de prontidão, entrou em contato com o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo de Campos Valadares, advertiu sobre os empecilhos da interferência direta do Estado na recuperação da via, uma vez que aquele trecho foi municipalizado. No entanto, o secretário admitiu que há meios e caminhos de atuar, nesse sentido, junto à prefeitura municipal.