Destaque »

Brasil ganha da Costa Rica no segundo jogo por 2 a 0

22 de junho de 2018 – 20:02 |

A tônica mundial é a Copa do Mundo 2018, na Rússia, que teve início com uma goleada espetacular do time da casa diante da Arábia Saudita pelo placar de 5 a 0. Outros resultados surpreendentes …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Agronegócios

Em visita à Araxá Secretário Estadual de Agricultura prevê déficit de 7 bi, nas contas públicas de MG

Na semana passada, o Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento  de Minas Gerais,  João Cruz Reis Filho, esteve em Araxá participando da abertura oficial da  41ª Exposição Agropecuária de Araxá. Em entrevista ao JORNAL INTERAÇÃO, João Cruz,  disse que “ a região de Araxá é muito importante para a agropecuária mineira e as instituições vinculadas trabalham de forma muito integrada, contribuindo para o sucesso dos produtos da região, como o queijo Minas Artesanal e ainda o gado girolando.”  O Secretário, elogiou a estrutura do Parque de Exposição e destacou a integração entre a direção da Arap (Associação dos Ruralistas do Alto Paranaíba) e os produtores da região do Alto Paranaíba.  Na entrevista, o  Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento  de Minas Gerais,  João Cruz Reis Filho, ainda abordou vários temas ligados ao setor agropecuário e a crise econômica que afeta o Brasil na atualidade. Sobre a crise, ele disse que, “ a situação não é nada boa. Para se ter uma idéia, o déficit do orçamento em Minas Gerais em 2015, é de mais de 7 bilhões de reais nas contas públicas. São muitas dificuldades, mas a gente está olhando agora para frente com muito otimismo.” João Cruz, revelou, que “ sabemos que a agricultura e a pecuária  são a chave da superação neste momento delicado de nossa economia. Todo mundo tem que se alimentar pelo menos três vezes por dia, então  apara o setor rural, a gente imagina que vai continuar com a demanda de alimentos e essa demanda de vai continuar e contribuir muito para o crescimento econômico.” Ainda a respeito do déficit nas contas públicas, o Secretário, afirmou que, “ a gente não acredita em aumento de preço dos alimentos em função da crise. Minas Gerais continua sendo importante celeiro de alimentos do Brasil. Perdemos um pouco desse protagonismo em função de falta de apoio e incentivo da gestão passada ao setor em nosso Estado, a gente espera agora com um ações pontuais e políticas sérias, retomar esse protagonismo no setor agropecuário mineiro.” Ainda de  acordo com João Cruz, hoje na pauta agrícola nacional, o café é o produto mais importante do Estado. “De todos os produtos que exportados de Minas Gerais, o café é o segundo no ranking, só perde para a mineração. No entanto o minério é um recurso natural, já o café é um produto renovável e todo ano tem uma safra nova.”

Finalizando, o Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento  de Minas Gerais,  João Cruz Reis Filho, disse ao JORNAL INTERAÇÃO, que “ mesmo com a crise econômica que assola o nosso País e com o déficit de mais de 7 bilhões de reais nas contas públicas do Estado, ainda tem projetos e irão desenvolver vários programas de apoio e incentivo aos agropecuaristas de Minas Gerais.”