Destaque »

Polícia investiga ataques a veículos em Araxá e ligação com facção criminosa

7 de junho de 2018 – 23:11 |

Ainda se recuperando dos transtornos causados pela paralisação dos caminhoneiros nos últimos dias, a população de Araxá, foi pega de surpresa na noite do último domingo, dia 03 de junho de 2018, com ataques …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Educação

Curso de Agronomia do UNIARAXÁ tem nota 4 em avaliação do MEC

O Curso de Agronomia do UNIARAXÁ foi muito bem conceituado no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), no resultado divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) no final de 2014. O curso também foi avaliado com Conceito Preliminar de Curso nota 4, de um total de 5. A nota é excelente para o Curso de Agronomia do UNIARAXÁ e também para seus alunos que, ao concluírem a sua graduação, devem contar em seu currículo com um curso muito bem avaliado pelo MEC em um mercado que só tem crescido no Brasil nos últimos anos, o do Agronegócio.

Para o coordenador do Curso de Agronomia, professor José Carlos da Silva, além da excelente pontuação, o Curso mostra que é referência no Ensino e reforça a qualidade dos profissionais que atuam dentro e fora da sala de aula. “A visão futurista e tecnológica do curso nos deixa atentos à demanda de mercado e faz com que os professores desenvolvam projetos inovadores contribuindo para a formação do aluno”, afirma. Ele atribui o sucesso do Curso aos profissionais que nele atuam e, destaca ainda, o trabalho em projetos inovadores e atualizados, sempre atentos à demanda do mercado.

José Carlos destaca ainda as linhas de pesquisa desenvolvidas no Campo Experimental através do grupo AGRO e as atividades que são desenvolvidas no decorrer do semestre: Semanas Agronômicas; Encontro de Campo; Visitas Técnicas. “As boas notas refletem a dedicação de toda a equipe envolvida no processo de ensino-aprendizagem, desde a preparação das aulas ministradas, até o acompanhamento e incentivo, antes e durante a aplicação dos exames”, ressalta José Carlos.