Destaque »

Vem aí o Festival Saberes e Sabores de Araxá 2019

23 de agosto de 2019 – 17:01 |

Vem aí mais uma edição do delicioso e tradicional “Festival Saberes e Sabores de Araxá”- 2019. O evento cultural e gastronômico será realizado entre os dias …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Araxá Esporte classificado vai a Patrocínio e sofre um empate no final da partida 1 x 1

Por: Alcino de Freitas.

Encerrando sua participação na primeira fase do Campeonato Mineiro do módulo II, Araxá Esporte Clube foi até a cidade de Patrocínio, no sábado, 21, e, no Estádio Júlio Aguiar, jogando diante do Patrocinense, colheu um empate por 1 a 1. Ressalva-se que o clube araxaense, já classificado para o hexagonal final da competição, atuou com uma equipe bem desfalcada de seus principais  titulares, poupando-os e dando a oportunidade ao técnico Wallace Lemos de observar os demais jogadores do plantel que não vêm jogando. Pelo lado do Patrocinense, deu-se o contrário; atuou com a sua equipe principal, lutando com unhas e dentes para vencer a partida, já que não conseguiu se classificar para o hexagonal, e, despedindo-se da competição, diante de seus poucos torcedores, jogou seriamente em busca da vitória. No primeiro tempo, o duelo foi bem emocionante. Araxá Esporte, bem organizado, fez uma boa partida, apresentando uma zaga firme e um meio de campo que tocava bem a bola, criando boas oportunidades para inaugurar o placar. Aos 23 minutos, um lançamento de Dudu Araxá para Daniel Marins que dominou no peito e chutou forte no canto, vencendo o goleiro Cleison. Araxá Esporte 1 a 0. Apesar de todo o esforço do time de Patrocínio,  Araxá Esporte se defendia bem, e o primeiro tempo terminou com a vantagem dos araxaenses. Para a etapa final, a equipe do Patrocinense se reorganizou e voltou inspirada, mais bem articulada. O alvinegro araxaense mexeu no seu meio de campo, e o time de Patrocínio  cresceu, passando a pressionar. Aos 36 minutos, o atacante Guma obrigou Fernando Hilário a praticar a melhor defesa durante a partida, e, aos 40 minutos, quando o Patrocinense era todo ataque, o lateral Thiago Roberto acabou cometendo uma penalidade máxima em Ademir, a qual o atacante Guma cobrou com precisão, empatando a partida. O Patrocinense continuou pressionando até o final, mas, o Araxá Esporte, mesmo com nove jogadores em campo, conseguiu segurar o empate.

O Patrocinense foi de: Cleison, Leandro Mineiro, Bruno (Gleison), Junior Silva, Gustavo; Estevão (Romanelli), Pio, Renan, Matheus; Guma e Wisma (Ademir). Técnico: Leandro Samarone.

O Araxá Esporte com: Fernando Hilário, Lucas Evangelista, Cássio, Nilo, Thiago Roberto; Dudu Araxá, Renan, Ramon, Daniel Marins (Wesley Yuri), Paulo Henrique (Serginho) e Carlinhos (Marcelinho). Técnico: Wallace Lemos.

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Evandro Lacerda Reis e por Vivaldi Pedro Baeta.

Cartões amarelos. No Patrocinense, Ademir.

Cartões vermelhos. No Patrocinense, Matheus, e, no Araxá Esporte, Thiago Roberto e Renan.