Destaque »

Comandante da Capitania Fluvial de Minas Gerais visita Araxá

20 de fevereiro de 2020 – 19:24 |

A Capitania Fluvial de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte desde dezembro de 2018, está ampliando sua área de atuação e deve instalar unidades no Triângulo Mineiro e região do Rio Paranaíba. No …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Destaque

Aracely anuncia pacote de projetos e serviços

O JORNAL INTERAÇÃO acompanhou, esta semana, a entrevista coletiva do prefeito de Araxá, Aracely de Paula, que, ao lado da vice-prefeita e secretária Municipal de Saúde, Lídia Jordão, e demais secretários e assessores municipais, anunciou algumas ações, projetos e serviços prementes nos setores da saúde, infraestrutura urbana,  reforma e revitalização de  cinco praças públicas e também do Parque do Cristo.  São ações que, de acordo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, fazem parte das atividades em comemoração aos 150 anos de Araxá. A divulgação dos projetos e ações foi no anexo da sede atual do Executivo local (antigo prédio da Câmara Municipal).  Aracely de Paula começou  a explanação com uma frase de impacto: “Este é um dia especial, pois marca o início de uma nova fase para nossa cidade. É trabalhando com pessoas competentes, uma equipe formada por profissionais dedicados, recebendo apoios sérios de grupos e entidades preocupados com o futuro e principalmente  ouvindo de forma democrática e plural o nosso povo, que, com responsabilidade e coerência, pautamos nossa administração. Nossa missão ao lado da dra. Lídia e dos companheiros que abraçaram de forma ampla e integral nosso projeto para uma Araxá melhor para todos é trabalhar com respeito ao dinheiro público e realizar obras, projetos e serviços que possam melhorar, facilitar, ampliar as possibilidades profissionais, culturais e sociais em um todo para nossa gente.” Aracely também disse que nada deve ser feito pela administração municipal sem ouvir a comunidade, sem estudar a importância, abrangência social e coletiva da obra e serviço e, principalmente, sem a legalidade jurídica que exige qualquer medida ou projeto que venha a ser executado pelo gestor público, onde está em jogo o dinheiro público.

Obras, reformas e as palmeiras:

Assessorado por secretários dos setores de obras e serviços e por profissionais de  arquitetura e engenharia, Aracely de Paula anunciou alguns projetos e serviços de construção, reforma, ampliação e revitalização de praças, avenidas, pontos turísticos, unidades de saúde e do novo Pronto Atendimento Municipal (PAM). Na pauta dos anúncios,  o primeiro assunto destacado pelo prefeito  Aracely, a polêmica envolvendo a retirada das palmeiras para a  revitalização da avenida Senador Montandon. Ele anunciou que já foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Patrimônio Público de Araxá, na última  quarta-feira, 25, e que  também será assinado um TAC com o Ministério Público do Meio Ambiente para a questão das palmeiras da avenida Senador Montandon. Segundo o prefeito, também houve amplo debate e consenso do novo governo com representantes do “Grupo Araxaense Graças a Deus”, defensores das palmeiras. Aracely disse que elas [48 palmeiras] serão remanejadas para o Centro Administrativo, em um espaço especial que terá o nome de “Memorial das Palmeiras”. “Queremos dar à avenida  Senador Montandon um local mais seguro tanto para o tráfego quanto para os pedestres, com um canteiro central adequado. A cidade cresceu, se modernizou. As palmeiras que foram plantadas em governo passado meu, há quase 30 anos, hoje estão minimizadas naquele local. Elas serão replantadas. Vamos dar o devido respeito, dedicando com um memorial, em local aprazível, onde continuarão crescendo e enfeitando a nossa cidade”, relatou o prefeito”.  Em relação ao novo Pronto Atendimento Municipal (PAM), Aracely  anunciou que um decreto está previsto para ser assinado nos próximos dias, desapropriando área na avenida João Paulo II, pertencente ao Instituto de Previdência Municipal (Iprema) e está próxima ao futuro Cartório Eleitoral, para a instalação dessa nova unidade de saúde.

Lídia Jordão fala sobre novo PAM:

Sobre as novidades no setor da saúde, quem deu as boas-novas foi a vice-prefeita e secretária Municipal de Saúde, Lídia Jordão, que destacou que serão investidos no novo Pronto Atendimento Municipal (PAM)  cerca de R$ 6 milhões para a construção e aquisição de equipamentos, recurso este assegurado no Orçamento-Geral da União, pelo prefeito Aracely, quando ainda deputado federal e numa  parceria público-privada com a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM). Segundo Lídia, “o  novo PAM será de porte 2 conforme projeto do Ministério da Saúde, com estrutura para abrigar de  nove a doze leitos de observação, com abrangência de 100 mil a 200 mil habitantes (Araxá e microrregião têm cerca de 170 mil) , mas em área de 2 mil m², que futuramente pode ser ampliado para porte 3.”

Trânsito da “Antônio Carlos”:

Durante a apresentação do pacote de ações, o prefeito Aracely de Paula fez a apresentação do resultado da pesquisa pública realizada recentemente na avenida Antônio Carlos, realizada pela Ouvidoria Municipal em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Cidadania. Na oportunidade, a população respondeu se era favorável ou contra as interligações em dois setores na avenida – rua Dom José Gaspar com a rua Santos Dumont, e rua Calimério Guimarães com a rua Capitão José Porfírio. De acordo com o levantamento, 2.087 (91%) votos foram favoráveis a um novo projeto com as duas interligações; 206 (9%) foram contrários. A pesquisa também registrou 101 votos favoráveis somente à interligação das ruas Dom José Gaspar com a rua Santos Dumont e 139 votos favoráveis somente à interligação da rua Calimério Guimarães com a rua Capitão José Porfírio. Além das duas interligações atendendo maioria da vontade popular, a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Mobilidade Urbana destaca que o projeto para avenida Antônio Carlos também contempla nova sinalização viária para organizar o fluxo de pedestres e de veículos e paisagismo em sua praça para tornar convidativa a presença das pessoas. Assim como as praças da cidade, o prefeito Aracely e o secretário de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete, destacaram que a praça da avenida  Antônio Carlos deve ser um local humanizado, com espaços onde as pessoas possam usufruir em bancos mais adequados e com sombra, além de implantação de jardins e pontos mais acessíveis.

Revitalização de  praças e do Parque do Cristo:

Finalizando a entrevista e os anúncios,  o prefeito, o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, o  engenheiro Sebastião Donizete de Souza e os  arquitetos Leandro Farnetano Rocha e Marcelo  Gusmão Machado deram detalhes técnicos sobre obras de reforma, revitalização e ampliação de cinco praças públicas do Parque do Cristo.  Segundo Aracely, “as primeiras praças a receberem intervenções são as praças dos Salesianos (avenida João Moreira Sales, centro), Princesa Isabel (rua Dona Maroca, bairro Sagrada Família), Dom Bosco (centro), Arthur Bernardes (antiga Estação Ferroviária) e Hely França (ao lado da Igreja do Rosário, centro).”  De acordo com Aracely, “este é o pontapé inicial para a humanização das praças. São pontos de encontro para a confraternização das famílias, para todas as idades; são locais de sossego, entretenimento, reflexão. Esse projeto é uma grande contribuição nossa para a comunidade”. Já o arquiteto e urbanista Leandro Rocha fez a seguinte afirmação: “Percebemos uma característica, que as praças já têm árvores grandes e uma estrutura sólida que se deteriorou com o tempo ou foi abandonada. Vamos revitalizar isso e utilizar, em cima do que existe, o uso contemporâneo de equipamentos esportivos, espaços de lazer, iluminação nas copas das árvores, trazendo movimento, vida para as praças. Cada uma será adequada dentro do seu potencial.  A respeito do ousado e grandioso projeto de ampliação e revitalização do Parque do Cristo,  o  prefeito Aracely de Paula destacou que essa obra é o grande diferencial para fechar as comemorações do Sesquicentenário de Araxá. Quem apresentou o projeto foi o  arquiteto Marcelo  Gusmão Machado.  De acordo com o arquiteto, “o projeto prevê a desapropriação de imóveis na avenida Washington Barcelos, para integrar o parque com a comunidade e também voltar a ser um referencial turístico.”  Ele ainda disse que o  Parque do Cristo será  ampliado em mais 5 mil m². A nova revitalização do local contempla a construção de uma nova praça com coreto, pista de caminhada, área para expositores de produtos de Araxá, espaço com equipamentos de ginástica e lazer, recepção para turistas, reforma da escadaria, restauração da área do restaurante, acessibilidade em todos os setores, dentre outros. Concluindo,  o prefeito de Araxá disse que “o novo Parque do Cristo vai ser o grande ponto de encontro da família araxaense e ponto do turismo, uma constante para todos. Hoje ele é colocado como uma referência ruim, mas que haverá de ser orgulho de todos nós. Eu acredito  muito naquilo que nós fazemos”.