Destaque »

Malvinas e Villa Nova saem na frente na semifinal do Amador

19 de novembro de 2019 – 11:34 |

Começaram no último domingo, dia 17 de novembro de 2019,  no estádio Fausto Alvim, as semifinais do Campeonato Amador de Araxá, versão 2019, promovido pela Liga Araxaense de Desportos. Na primeira partida da manhã …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Arte e Cultura de graça:

Começa a edição 2015 do Tri Ciclo Espetáculos 

A semana começou agitada em Araxá. Na última segunda-feira, a trupe da arte, música, circo, dança e  teatro invadiu a cidade literalmente. A etapa 2015 do Projeto Tri Ciclo Espetáculos, chegou fazendo muito barulho e trazendo alegria e entretenimento de graça para toda a comunidade araxaense. Ontem no final da arte ( quinta-feira), a idealizadora e coordenadora geral do Projeto, a artista plástica Cynthia Verçosa, visitou a redação do JORNAL INTERAÇÃO, deu detalhes importantes sobre a quarta edição do Projeto e destacou a importância do evento chancelado pela Lei de Incentivo Federal de Incentivo à Cultura, na missão de leva arte e cultura às pessoas gratuitamente nos quatro setores da cidade durante um mês de apresentações.

A História do Projeto

Criado em 2011, o Projeto Tri Ciclo Espetáculos, O Projeto TRI CICLO Espetáculos é um desdobramento de ações culturais desenvolvidas na cidade de Araxá e região, que visa o fortalecimento de ações culturais e formação de público, no intuito de dar suporte a festivais e mostras que já acontecem há cerca de 20 anos na região. De acordo com Cynthia Verçosa, “ele promove a circulação de espetáculos e oficinas de formação e qualificação. Durante a execução do Projeto, a região recebe grupos convidados de bailarinos e atores com espetáculos de elevado teor técnico e artístico proporcionando o fomento cultural da comunidade através da linguagem universal da dança, do teatro, do circo e da música instrumental/erudita”. O  evento também  movimenta vários setores da região: turístico, econômico, social e cultural. A coordenadora do Tri Ciclo Espetáculos, informou que este ano cerca de 300 pessoas vão estar na cidade envolvidas no projeto.” A maioria são artistas, atores, técnicos, diretores, empresários entre outros, que ficam na cidade, geram emprego, renda, serviços e ainda oferta arte e cultura para a comunidade em geral.” Cynthia Verçosa, fez questão de elencar  os benefícios e contribuição que o Projeto traz para a cidade. “ Contribui para o fomento e a difusão cultural de Araxá e região, promovendo impacto e abrangência social; descentraliza e democratiza a produção cultural que ocorre com grande freqüência  na capital e nos grandes centros urbanos, levando-a para o interior; Possibilita a realização de atividades culturais de qualidade comprovada, dando oportunidade ao público das entidades parceiras, das empresas e da comunidade de Araxá e região para o crescimento artístico-cultural; Estimula a formação de público, revelação e promoção de novos talentos, através de oportunidade de crescimento técnico e integração sociocultural; Possibilita o intercâmbio e a troca de experiências entre grupos de teatro, música e dança em âmbito nacional; Fortalece e expande as relações empresas patrocinadoras – comunidade, reforçando a responsabilidade social, mediante o atendimento às necessidades das comunidades carentes de ações culturais”.

Programação e Novidades

Primando pela garantia total de acessibilidade da boa arte, para toda a população local, Cynthia Verçosa, diz que, “ o Projeto também atua como ferramenta indispensável no resgate da verdadeira arte popular que de forma inocente fizeram parte da infância dos nossos avôs, pais e gerações passadas. “ São espetáculos genuínos e acima de tudo lúdicos, como o circo, a contação de histórias, teatro, dança e música.” Um dos públicos alvo do Projeto são os estudantes de nossa cidade. Este ano os espetáculos estão sendo ofertados de forma criteriosa a 14 escolas de Araxá”.  No total serão apresentados até o dia 28 de março  20 espetáculos com destaque ainda para cursos e oficinas que visa capacitar e formar artistas e  atores em diversas áreas da arte e da cultura araxaense. Este ano  além das 14 escolas, também vão acontecer apresentações em  praças, teatro Sesi e CVT Júlio Dário. Nesta  primeira semana de março quatorze instituições de ensino recebem a peça “O Quintal da Guegué”, diretamente da capital mineira. Durante uma hora as crianças terão uma aula lúdica com o casal de atores, Guedes Gualberto e Paulo David. E a cada final de semana do mês uma atividade voltada para a família. Tudo com classificação livre. Terá teatro infantil e para quem cresceu também, orquestra com flautista paranaense, encenação da história de Pai Chico e Catirina, Mono-Blocos, palestra sobre os processos de criação em dança, muito aprendizado com corpo dês-localizado através de workshop, um espetáculo mostrando a arte e o espaço urbano, um clube de palhaços, e uma oficina que integra duas artes o teatro e a dança. “Um dos objetivos do projeto Tri Ciclo é levar o espetáculo para as pessoas. Então buscamos trabalhar em vários pontos da cidade. Pegando as escolas em diferentes bairros e setores. A preocupação em levar para as crianças, que ainda não tiveram a oportunidade de ir até um teatro, um espetáculo. E resgatando uma das propostas desde o início do projeto, os palcos abertos”, relata a diretora artística do Tri Ciclo Espetáculos, Cynthia Rocha Verçosa. Em cada edição da iniciativa é disponibilizado ao público, tudo gratuitamente, teatro, dança, circo e música erudita e instrumental, relembrando ações, relatando temas e vivências que serão guardadas e possivelmente vividas pela platéia. Com isso o público é diversificado. O Tri Ciclo Espetáculos já percorreu, além de Araxá, palcos de Uberaba, Sacramento e Salitre de Minas. A primeira apresentação aberta ao público será dia sete de março, sábado, às 20h, no Teatro Sesi.