Destaque »

CIMTB: Avancini vence pela 5ª vez em Araxá

20 de Abril de 2018 – 1:49 |

Henrique Avancini e Chloe Woodruff  foram os mais rápidos na somatória de tempo. Decisão aconteceu na tarde de domingo (15).
Com a mão aberta em alusão as 5 vitórias Avancini soltou o grito de vitoria com muita …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Saúde

Reunião para debate do Sistema Único de Saúde (SUS)

A vice-prefeita e secretária de Saúde, Lídia Jordão, participou de uma reunião promovida pelo Conselho Municipal de Saúde para tratar de demandas do setor, na última terça-feira (24), na Pousada Dona Beja. O objetivo do encontro foi propor alternativas de solução para os principais problemas enfrentados pela saúde pública em Araxá e região.

O evento contou com a participação de gestores de Saúde da Microrregião de Araxá, conselheiros de municípios, do Estado e da Federação, do Ministério Público e de membros da Sociedade Civil Organizada.

Lídia afirma que os municípios enfrentam muitas demandas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e os recursos federais não tem sido suficientes para supri-las.

“Então, essa situação acaba sendo um gargalo porque as pessoas que não conseguem os seus atendimentos feitos via Estado ou própria União veem no segmento local a saída da solução dos conflitos, e nem sempre o município consegue ter os recursos suficientes para atender todas essas demandas”, comenta a secretária.

De acordo com o assessor da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério de Saúde, Fernando Luiz Eleotério, o encontro é importante para avançar no Sistema Único de Saúde (SUS), tendo como principais atores o controle social e a gestão de Araxá, acompanhada pelos municípios vizinhos. “A nossa pasta tem a missão de ajudar essa interlocução entre controle social, movimentos sociais e gestão”, afirma.

O conselheiro estadual Jurandir Ferreira acrescenta que o SUS deve ser tratado em harmonia entre todos os gestores e conselheiros. “É necessário que reuniões aconteçam periodicamente para que ajuste algumas informações do que vem na União, no Estado e das ocorrências de cada município”, conclui.