Destaque »

Abre e Fecha da Prefeitura para o feriado de Semana Santa em Araxá

8 de abril de 2020 – 23:52 |

Unidades de Ensino – Cemei e Emei e Biblioteca Viriato Côrrea
Sob coordenação pela Secretaria Municipal de Educação, os Centros e as Escolas Municipais de Educação Infantil (Cemei / Emei) estão com as aulas suspensas por …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Um domingo de futebol amador

Por: Alcino de Freitas.

No último domingo, 1º, estive no Estádio Honorízio Pereira Veloso, no bairro Santo Antônio, onde foram realizadas duas partidas. O primeiro jogo foi entre as equipes do Cit e do Ferroviário. Dois times que já foram “top” do futebol araxaense. Hoje, ambos estão na segunda divisão do futebol amador. A equipe alvirrubra do Cit, que, quando da sua fundação, contava, em seu elenco, com o nosso atual prefeito Aracely de Paula, com o narrador esportivo da Rádio Itatiaia de Belo Horizonte, o prezado amigo Alberto Rodrigues e que, mais tarde, teve como presidente do clube o saudoso senhor José Adelino, personagem que acabou tornando-se uma figura folclórica dentro do futebol de Araxá. O Cit hoje é comandado pelos irmãos Baltazar e Marcílio dos Reis Almeida, e venceu a partida pelo placar de 3 a 2. O adversário, um grande rival, o time do Ferroviário, que teve como um dos seus fundadores, lá pelos idos de 1970, o senhor Juarez Dias Tregas, pai do Cristiano Macaquinho que hoje é dirigente e técnico do Ferroviário, além do Delico e o Neca, que foram pedir para construir um campinho lá na Chácara Dona Adélia. Os dois clubes vinham de um período de inatividade, mas com muitas promessas para o futuro. O Ferroviário hoje conta com o apoio da empresa PSN, empresa de manutenção industrial, prestadora de serviço em Araxá, e espera formar um bom elenco para voltar à primeira divisão. Quanto à partida, não foi assim um clássico brilhante. Entretanto, como primeira apresentação das duas equipes, o jogo até que agradou pela disposição dos jogadores. Aos 7 minutos, Cit fez 1 a 0, quando uma bola cruzada da direita, Jhonatan, dominou e chutou no canto. Aos 27 minutos, Tiago ampliou para 2 a 0, assinalando um belíssimo gol, depois de receber um passe, passar pelo zagueiro e, na saída do goleiro, chutar no canto. Terminou o primeiro tempo com o Cit na frente. Aos 15 minutos do segundo tempo, Cinquentinha perdeu uma penalidade máxima a favor do Ferrovário, chutando contra a trave, mas o time procurava reagir e, aos 18 minutos, David, um artilheiro nato, marcou o primeiro gol para o Ferroviário. Cit não deixou por menos e marcou seu terceiro gol por meio de Jhonatan. Aos 45 minutos, outra penalidade a favor do Ferroviário. Elton, encarregado da cobrança, não desperdiçou, diminuindo para o Ferroviário. Final: Cit 3 x 2 Ferroviário.

Cit: Fabiano, Léo, Neliano, Dinei, Alison (Arroz); Magrão, Tiago (Adriano), Jhonatan (Luciano), Marquinhos (Marreco); Mazinho (Bibica) e Cinquentinha. Técnico: Marcilio.

Ferroviário: Marcos Vinicius, Tico (Vitor), Jorge, Nilson, Quincas (Rafael); Djavan (Cabelo) (Mineiro), José Eurípedes, Xambinho, David (Tatu); Juninho e Elton. Técnico: Cristiano Macaquinho.

Apitou: Célio Eloi (Tilica).

Deixaram de atuar, ainda, pelo Cit, o meia Bruno César (ex-Tigrão) e o atacante Roberto. Ambos inscritos para o campeonato.

A segunda partida realizada na manhã de domingo, lá no Estádio Honorízio Pereira Veloso, foi entre as equipes do Ipiranga X Arachás. Duas equipes da primeira divisão do futebol amador de Araxá e que se apresentaram muito bem. Duas equipes ainda em formação, mas que apresentaram um bom futebol, prometendo não decepcionar durante o campeonato amador deste ano. É sabido que clubes sem patrocínios lutam para permanecer na primeira divisão. Entretanto, Ipiranga, hoje o time mais antigo do futebol amador araxaense, (fundado em 1945 pelo Benjamin Assunção, o Bêjo) parece contar com uma estrutura mais bem definida. A vitória do Ipiranga sobre o Arachás, pelo placar de 4 a 2, demonstra ser um time mais bem definido, mais encorpado, contando com um plantel mais técnico. No primeiro tempo, até que o time do Arachás saiu na frente e segurou o placar. O gol foi assinalado aos 44 minutos, por Múcio, de cabeça, aproveitando a cobrança de um escanteio. No segundo tempo, Ipiranga empatou logo aos 4 minutos, com Anísio Junior, após passar pelo marcador e, na saída do goleiro, chutar no canto. No decorrer do jogo, Ipiranga começou a impor o seu ritmo e, aos 14 minutos, Bruno Boa Vista marcou para o clube, de cabeça. Se Bruno Boa Vista estava em uma manhã inspirada, do outro lado, Múcio também queria mostrar ser um grande artilheiro. Aos 16 minutos, ele, Múcio, voltou a usar cabeça para fazer 2 a 2. Aos 26 minutos, Ipiranga passa à frente no marcador, mediante uma falta bem cobrada por Ademilson. Finalmente, aos 33, Bruno Boa Vista, mais uma vez, marcou de cabeça, fechando o placar em 4 a 2. Uma vitória justa, com um placar normal apresentado pelo Ipiranga, principalmente no segundo tempo.

Ipiranga: Abacate (Crysma), Raniel (Roque), Eules Jr., Elton, Juninho Alagoano (Vitor); Kadu, Lucas Magalhães (Marcos José), Ademilson, Ronaldo (Braian); Anísio Junior e Coquinho (Bruno Boa Vista). Técnico: Alexandre.

Arachás: Elder, Balainha, Thiago Vitalino, Leovander (Múcio) (Adriano), Robson (Nandinho); Vinicius Gonzo, Márcio Macaco (Pinguim), Gilderlei, Germano Frangão (Neguinho); Fred e Rômulo. Técnico: Leandro.

Árbitros: Ronaldo Vicente e Marcílio Dias Filho.

Mamoré.

Quando da primeira partida do Araxá Esporte Clube realizada em Patos de Minas, diante do Mamoré, na qual o clube de Patos venceu por 2 a 0, escrevi que achei o time Patense muito fraco e um sério candidato a cair este ano para a segunda divisão. Domingo último, com o início do Campeonato Mineiro, o Mamoré foi até a cidade de Poços de Caldas e perdeu para a Caldense, pelo placar de 6 a 1. No próximo domingo, enfrentará o Atlético Mineiro, em Patos de Minas.

Araxá Esporte Clube.

Amanhã, Araxá Esporte estará realizando mais uma partida amistosa diante de uma seleção da Ampla. A partida, em si, não deverá ser muito relevante para a equipe do técnico Wallace Lemos do alvinegro, uma vez que, a seleção não passa de um ajuntamento de jogadores, daqui e dali, às vezes até sem se conhecerem.  Por outro lado, esta partida de portões abertos tem um alto significado, o de trazer o torcedor para junto do time, lembrando que, no dia 15, terá início o Campeonato Mineiro, e o Ganso estará enfrentando o time do  Patrocinense, aqui no Fausto Alvim. Olhando por este lado, a partida será de muito interesse.