Destaque »

Francelino Cardoso Júnior: Levando a vida contando boas histórias

21 de setembro de 2018 – 16:59 |

No final da semana que passou ( sexta-feira, dia 14 de setembro),  os pequenos alunos da Escola Municipal Alice Moura de Araxá, foram presenteadas com a visita do …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Ferroviário é campeão invicto da Copa Leste

Em 5 jogos, todos terminaram com vitórias do Ferroviário, que derrotou o Planeta na final.

A decisão da Copa Leste foi realizada no último domingo, 15, entre Ferroviário e Planeta. Com dois gols de Fred, um em cada tempo, Ferroviário conquistou o bicampeonato da competição no campo das Mangabeiras. Jeová diminuiu para o Planeta no segundo tempo.

Planeta e Ferroviário protagonizaram um primeiro tempo altamente equilibrado. Quem começou assustando foi o Planeta, com Cleitinho batendo falta e lançando a bola bem perto do travessão de Marcos. Aos 17 minutos, o atacante Fred desperdiçou uma chance na cara do goleiro Bacão. Ele recebeu de Diogo Tinga e, dentro da área, chutou longe do gol.

Ferroviário chegou com Fred de novo aos 24 minutos. Pelo lado esquerdo, ele arrancou para dentro da área e tocou para defesa de Bacão. O Planeta retornou ao ataque na marca dos 39 minutos, com Luizinho chutando à direita do gol. Três minutos depois, Fred não desperdiçou: em cobrança de falta de Mateus pela direita, o atacante subiu de cabeça e fez 1 a 0.

No início do segundo tempo, Ferroviário não ficou só defendendo e quase aumentou o placar, com Mateus, que bateu perto da trave esquerda de Bacão. Aos 15 minutos, em um contragolpe, Ferroviário aproveitou da velocidade de seu conjunto ofensivo para fazer o segundo. Na arrancada de Diogo Tinga, ele ganhou de Alexandre e tocou no Fred para mandar no gol vazio, deixando o placar em 2 a 0 para o Ferroviário.

Quatro minutos depois, Planeta conseguiu diminuir. Jeová arriscou chute de fora da área, e o goleiro Marcos, ao defender, acabou deixando a bola passar entre suas pernas, morrendo no fundo das redes.

Apesar de o momento do Planeta ser melhor no jogo, a equipe perdeu o treinador Endinho e o jogador Bim por excesso de reclamação. Logo após, Teteu saiu da partida mais cedo por ter cometido uma falta considerada bastante violenta pelo árbitro Nivaldo de Souza.

Planeta foi em busca do empate e quase o fez, aos 36 minutos. Na jogada pela esquerda, saiu chute cruzado para a finalização de João Copasa dentro da área. A bola acabou explodindo na trave esquerda, para desespero do torcedor do Planeta.

Aos 43 minutos, Ferroviário teve a chance do terceiro gol com Leandrinho, que, de frente, bateu em cima de Bacão. Com o apito final de Nivaldo de Souza, Ferroviário comemorou o bicampeonato da Copa Leste. Apesar do segundo lugar, Planeta soube valorizar essa conquista.

Depois do encerramento da partida, houve a entrega de troféus promovida pelo diretor Leonardo, do Trianon, que organizou a 3ª Copa Leste:

Melhor defesa: Ferroviário (goleiro Marcos).

Melhor ataque: Ferroviário (artilheiro: Coquinho do Ferroviário).

Terceiro lugar: Cerrado

Vice-campeão: Planeta

Campeão: Ferroviário

Ficha técnica:

Planeta: Bacão; Wilker (Amaral), Alexandre, Nicolau (Elton Timbica) e Neném; Róbson Negão, Bim, Gleisson (João Copasa) e Pelé (Jeová); Luís Fernando (Marcelo) e Cleitinho (Rafael Tardelli). Treinador: Endinho.

Ferroviário: Marcos; Raniel, Paulo Henrique e Marquinho; Madruga, Teteu, André (Cadu), Mateus (Eltinho) e Diogo Tinga (Leandrinho); Fred (Marcelo). Treinador: Leandro.

Gol no primeiro tempo: Fred, aos 42 minutos.

Gols no segundo tempo: Fred, aos 15 minutos e Jeová, aos 19 minutos.

Cartões amarelos: Neném, Bim e Rafael Tardelli (Planeta)/Marquinho, Cadu, Mateus e Fred (Ferroviário).

Cartões vermelhos: Bim (Planeta) e Teteu (Ferroviário).

Árbitro: Nivaldo de Souza

Assistentes: José Maria e Vicente dos Reis

Mesária: Abigail Vilar