Destaque »

Prefeito assina escritura pública de aquisição da área que será doada para McCain

6 de dezembro de 2019 – 11:29 |

A Prefeitura deu um importante passo para viabilizar a instalação da empresa canadense McCain no município. Noo  último dia 4 de dezembro, o prefeito Aracely assinou a escritura pública de aquisição …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Gansinho mostra força e garra e vence de virada. 2 a 1.

Por: Alcino de Freitas

Pela segunda rodada do Campeonato Mineiro de Juniores, Araxá Esporte Clube recebeu a equipe de Uberlândia no último sábado, 22, no Estádio Fausto Alvim, em Araxá, oportunidade em que acabou conquistando mais uma vitória, demonstrando grande habilidade e uma diferença enorme de técnica. A equipe do Gansinho iniciou a partida tentando pressionar o adversário, mas mostrando uma ineficiência no seu ataque que errava nas finalizações. O time do Uberlândia era um time mais cauteloso, defendia-se com chutões e balões e procurava, mediante bolas paradas e contra-ataques, chegar ao gol adversário.  Uma partida bem disputada, muito corrida, aliás, um clássico regional que atinge qualquer das categorias. Aos 17 minutos, uma falta a favor do Uberlândia, pelo lado direito, e Luciano quase inaugura o marcador. No entanto, aos 19 minutos, outra falta a favor do Uberlândia. Bola alçada na área por Paulo, e o zagueiro Edson desvia para o fundo das redes. Uberlândia 1 a 0. O Gansinho continuou aceso e ligado no jogo, mas errando muito nas finalizações.

Para o segundo tempo, o técnico Gustavo, do Gansinho, precisava sair daquele placar desconfortável para buscar a vitória. Uma substituição aqui, outra acolá, e logo aos quatro minutos, Gansinho quase consegue o empate, por meio de Wesley Bala. Entretanto, aos sete minutos, Araxá Esporte ganhou um escanteio pelo lado direito. Douglas cobrou, e o zagueiro Matheus Henrique marcou de cabeça empatando a partida. Gansinho voltou a pressionar, e a equipe do Uberlândia sentiu o golpe. As substituições feitas pelo técnico Gustavo ganharam efeito, e uma “bomba” desferida por Jonathan, e muito bem defendida pelo goleiro Isac, mostrava que Gansinho estava perto de chegar à vitória. O time se equilibrava na partida, desequilibrando o adversário, voando pra cima dos juniores do Uberlândia. Aos 44 minutos, outra vez de bola parada, um escanteio pelo lado direito, a bola foi alçada dentro da área, e Guilherme Mascote desviou no primeiro pau para o zagueiro Rafael completar de cabeça o gol da vitória, o gol da alegria, a essência do futebol.

Gansinho jogou e venceu de: Neto, Lucas (Fábio), Rafael, Matheus Henrique, Gustavo (Gabriel); João Paulo, Hugo (Douglas), Jonathan, Wesley Bala; Lenon (Fábio) e Bruno (Guilherme). Técnico: Gustavo Rodrigues.

Os Juniores do Uberlândia perderam com: Isac, Gabriel, Mateus, Edson, Paulo; Lochayder, Bruci (Dener), Felipe, Luciano (Clodoaldo); Allef (Ademir) e Leozinho. Técnico: Derlan Barcelos.

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas, auxiliado por Marciano Pires de Lima e por Leonardo Henrique Pereira, trio da FMF.

Cartões amarelos. Pelo Gansinho receberam: Neto, Lucas, João Paulo, Wesley Bala e Lenon.

Pelo Uberlândia: Mateus.

Cartão vermelho para o goleiro Neto, que, após a partida, desentendeu-se com o pessoal da comissão técnica de Uberlândia.

Observação: muitos cartões amarelos para a equipe do Gansinho.