Destaque »

Presidente eleito Jair Bolsonaro é diplomado pelo TSE

11 de dezembro de 2018 – 12:18 |

O Tribunal Superior Eleitoral diplomou na  segunda-feira (10) o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o vice, Hamilton Mourão.
Jair Bolsonaro chegou cedo na base aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Estava acompanhado da mulher Michele, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Esporte

Planeta e Cerrado se garantem nas semifinais da Copa Leste

Apesar de ter sido derrotado por 3 a 1 pelo Planeta, Cerrado passou para as semifinais por ter marcado um gol a mais que o Trianon na competição [7 contra 6].

Mais duas equipes se juntaram ao Ferroviário e ao Tupy e passaram para as semifinais da Copa Leste. O Planeta venceu o Cerrado por 3 a 1 e garantiu o primeiro lugar da chave A. Mesmo com a derrota, Cerrado também se classificou para outra fase. Ao final da terceira rodada, a equipe ficou com os mesmos 4 pontos, juntamente com o Trianon, que venceu o Arachás na primeira partida do dia, também por 3 a 1.

Como as duas equipes estavam empatadas em número de vitórias [1], derrotas [1] e empate [1] e no saldo de gols [-1], o critério que favoreceu o Cerrado foi o de gols marcados, em que o time fez sete gols e o Trianon, seis.

Cerrado saiu na frente, mas permite a virada

No primeiro tempo, Planeta começou melhor que Cerrado. Aos 12 minutos, Luizinho fez chute cruzado para a área, pelo lado esquerdo, Cleitinho tocou, e Jefinho defendeu de frente com o jogador do Planeta. Em primeira chegada perigosa do adversário, o gol aconteceu aos 14 minutos. Tiago lançou em profundidade para Roberto, que aproveitou o vacilo da defensiva do Planeta e fez 1 a 0 a favor do Cerrado.

A vantagem no placar permaneceu por pouco tempo. Três minutos depois, Luís Fernando recebeu com liberdade na entrada da área e chutou no canto esquerdo de Jefinho, igualando o placar.

Aos 28 minutos, Planeta conseguiu virar o jogo. A bola foi lançada para Cleitinho, que apareceu livre entre os zagueiros e tocou na saída de Jefinho, fazendo um belo gol para a equipe comandada por Endinho.

Cerrado teve a chance do empate com Ênio. Após o lançamento de Marquinho para o lado esquerdo ofensivo, o atacante ficou de frente com Bacão e tentou tocar por cobertura. Ênio acabou batendo mal na bola e praticamente recuou para o goleiro do Planeta evitar o gol da igualdade.

No primeiro tempo, o trio de arbitragem anulou o gol do Planeta. O goleiro Jefinho rebateu falta batida e, no rebote, o ataque do Planeta conferiu com bola na rede. No entendimento da arbitragem, o jogador foi com a sola da chuteira colocando em risco a integridade física do goleiro Jefinho e, por isso, o gol não valeu, gerando reclamações do Planeta.

A segunda etapa foi equilibrada como no primeiro tempo. Alisson escapou pela esquerda e tocou para trás, no Heider, que bateu por cima do gol de Bacão. Aos 20 minutos, Planeta marcou e, mais uma vez, o gol não foi válido pelo trio de arbitragem. Desta vez, o assistente Sebastião Prosolino apontou impedimento em uma jogada finalizada pelo atleta do Cerrado, que, se validado o gol, marcaria contra.

O atacante Roberto ainda foi expulso, após tecer xingamentos dentro do gramado. Como o assistente Anésio Rubens estava perto do lance, chamou o árbitro Nivaldo de Souza, que expulsou Roberto aos 30 minutos.

O Planeta definiu a vitória aos 45 minutos. Lucas recebeu pelo lado direito e tirou dois marcadores, levando a bola para a entrada da área. O jogador bateu pé esquerdo e acertou o canto direito de Jefinho, dando números finais ao placar.

Ficha técnica:

Planeta: Bacão; Wilker (Émerson), Neném (Diego), Nicolau e Alexandre; Bim (Lucas), Róbson Negão, Pelé (Jeová) e Gleidson (Tibica); Cleitinho (João Copasa) e Luís Fernando (Marcelo). Treinador: Endinho.

Cerrado: Jefinho; Marcílio (Canarinho), Neliano (Breno), Darlei e Alisson; Tiago, Rodrigo (Heider) (Cristiano), Marquinho (Branco) e Chim (Sidnei); Roberto e Ênio (Tiãozinho). Treinador: Baltazar.

Gols no primeiro tempo: Roberto, aos 14 minutos, Luís Fernando, aos 17, e Cleitinho, aos 28 minutos.

Gol no segundo tempo: Lucas, aos 45 minutos.

Cartões amarelos: Neném, Alexandre, Bim, Róbson Negão, Marcelo e Pelé (Planeta) / Marcílio, Neliano, Heider e Ênio (Cerrado).

Cartão vermelho: Roberto (Cerrado).

Árbitro: Nivaldo de Souza

Assistentes: Sebastião Prosolino e Anésio Rubens

Mesária: Geize Kelly Cândido

Ferroviário é primeiro na chave A, e semifinais serão na Chácara Dona Adélia

Ferroviário garantiu o primeiro lugar da chave disputada no estádio Chácara Dona Adélia ao vencer o Tupy. Já Guarani e São Pedro não jogaram.

Ferroviário 4×2 Tupy, com gols de Coquinho (2), Raniel e Eduardo Picoié (Ferroviário) e Gê e Correa (Tupy).

As semifinais da Copa Leste ocorrerão no próximo domingo, 1° de abril, no estádio Chácara Dona Adélia, a partir das 8h45, com Planeta x Tupy e Ferroviário x Cerrado, às 10h45.