Destaque »

FestNatal resgata e destaca tradição das Folias de Reis

18 de dezembro de 2018 – 11:53 |

Uma tradição que está na alma do mineiro. Símbolos da chegada do período natalino e recentemente reconhecidas como Patrimônio Imaterial do Estado, as Folias de Reis ganharam espaço este ano no maior Festival Natalino de …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Capal recebe produtores da maior cooperativa de café do mundo

O consultor técnico do Educampo de Cooxupé, Cristiano Gomes, diz que o principal objetivo é conhecer o trabalho de sucesso desenvolvido pelo Educampo em Araxá.

A Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal) recebeu uma comitiva de quarenta produtores da Cooperativa Regional de Cafeicultores (Cooxupé – Região Carmo do Rio Claro) para uma missão técnica. Os cafeicultores tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pelos técnicos do projeto Educampo na Fazenda Estância São Paulo (propriedade dos cooperados Magda e Amir), o Campo Experimental de Café da Capal e as instalações do Armazéns Gerais. O objetivo é promover a troca de experiências nas lavouras e conhecer o trabalho desenvolvido nas propriedades da região.

 

A Cooxupé é considerada uma das maiores cooperativas de café do mundo. Em 2012, completará 80 anos de cooperativismo e 55 anos em atividades de recebimento, processamento e comercialização de café. Atualmente conta com cerca de 12 mil cooperados e 1,9 mil colaboradores, recebendo café produzido em mais de duzentos municípios localizados, principalmente, no Sul de Minas. A comitiva foi recebida pelo diretor de produção da Capal, Caio Marcio Cortes, a coordenadora do Departamento de Assistência Técnica, Ana Maria Fravet, e os consultores técnicos do Educampo, Rodrigo Ticle e Tales Rodrigues Alves.

 

O consultor técnico do Educampo de Cooxupé, Cristiano de Andrade Gomes, diz que o principal objetivo da missão técnica é conhecer o trabalho de sucesso desenvolvido pelo Educampo em Araxá. “A visita também tem o intuito de trocar experiências entre os produtores da nossa região, que é Sul de Minas, e do Alto Paranaíba, como é caso de Araxá. O nosso grupo foi formado há poucos meses, mas já podemos observar a evolução que os cafeicultores estão tendo na organização e gerenciamento de suas propriedades e no desenvolvimento técnico dos manejos utilizados nas lavouras. Já temos conquistado algum sucesso com o trabalho realizado nesses nove meses de projeto, com um maior controle das despesas das operações promovidas dentro das propriedades.”

 

Segundo ele, o intercambio entre as cooperativas é extremamente importante para o desenvolvimento da cafeicultura. “Um dos princípios que o Educampo preza é justamente essa troca de informações. Por isso, trabalhamos com grupos de produtores, realizamos reuniões conjuntas, enfim, debatemos as situações vividas na lavoura em conjunto. O objetivo é repassar as experiências de sucesso que são obtidas a cada safra para que todo o núcleo possa ter uma maior rentabilidade com a atividade”, destacou o consultor técnico Cristiano de Andrade Gomes.

 

Capal é pioneira

 

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Minas Gerais) e a Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal) comemoraram 10 anos de projeto Educampo Café. O programa educacional, que teve a Capal como pioneira, transformou a agropecuária nacional através da profissionalização do homem do campo e gestão das propriedades. O projeto procura agregar ao conceito da assistência técnica tradicional, a gestão de negócios, normalmente uma das maiores deficiências encontradas junto aos empresários rurais, ampliando a capacidade do produtor em gerir sua atividade. Este diferencial permite aplicar melhorias técnicas capazes de imprimir ganhos quantitativos e qualitativos ao produto primário, melhorando os indicadores técnicos e econômicos das propriedades.