Destaque »

Lídia Jordão faz palestra no 13º Encontro Mulheres com Direito

17 de maio de 2019 – 19:12 |

Lídia Jordão representou Minas Gerais, juntamente com mais nove mulheres da área do Direito, de outros estados do País. Ela foi convidada pela coordenação geral  do Encontro, através da Drª Fabiana Garcia. Para Jordão, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Capal recebe produtores da maior cooperativa de café do mundo

O consultor técnico do Educampo de Cooxupé, Cristiano Gomes, diz que o principal objetivo é conhecer o trabalho de sucesso desenvolvido pelo Educampo em Araxá.

A Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal) recebeu uma comitiva de quarenta produtores da Cooperativa Regional de Cafeicultores (Cooxupé – Região Carmo do Rio Claro) para uma missão técnica. Os cafeicultores tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pelos técnicos do projeto Educampo na Fazenda Estância São Paulo (propriedade dos cooperados Magda e Amir), o Campo Experimental de Café da Capal e as instalações do Armazéns Gerais. O objetivo é promover a troca de experiências nas lavouras e conhecer o trabalho desenvolvido nas propriedades da região.

 

A Cooxupé é considerada uma das maiores cooperativas de café do mundo. Em 2012, completará 80 anos de cooperativismo e 55 anos em atividades de recebimento, processamento e comercialização de café. Atualmente conta com cerca de 12 mil cooperados e 1,9 mil colaboradores, recebendo café produzido em mais de duzentos municípios localizados, principalmente, no Sul de Minas. A comitiva foi recebida pelo diretor de produção da Capal, Caio Marcio Cortes, a coordenadora do Departamento de Assistência Técnica, Ana Maria Fravet, e os consultores técnicos do Educampo, Rodrigo Ticle e Tales Rodrigues Alves.

 

O consultor técnico do Educampo de Cooxupé, Cristiano de Andrade Gomes, diz que o principal objetivo da missão técnica é conhecer o trabalho de sucesso desenvolvido pelo Educampo em Araxá. “A visita também tem o intuito de trocar experiências entre os produtores da nossa região, que é Sul de Minas, e do Alto Paranaíba, como é caso de Araxá. O nosso grupo foi formado há poucos meses, mas já podemos observar a evolução que os cafeicultores estão tendo na organização e gerenciamento de suas propriedades e no desenvolvimento técnico dos manejos utilizados nas lavouras. Já temos conquistado algum sucesso com o trabalho realizado nesses nove meses de projeto, com um maior controle das despesas das operações promovidas dentro das propriedades.”

 

Segundo ele, o intercambio entre as cooperativas é extremamente importante para o desenvolvimento da cafeicultura. “Um dos princípios que o Educampo preza é justamente essa troca de informações. Por isso, trabalhamos com grupos de produtores, realizamos reuniões conjuntas, enfim, debatemos as situações vividas na lavoura em conjunto. O objetivo é repassar as experiências de sucesso que são obtidas a cada safra para que todo o núcleo possa ter uma maior rentabilidade com a atividade”, destacou o consultor técnico Cristiano de Andrade Gomes.

 

Capal é pioneira

 

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Minas Gerais) e a Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal) comemoraram 10 anos de projeto Educampo Café. O programa educacional, que teve a Capal como pioneira, transformou a agropecuária nacional através da profissionalização do homem do campo e gestão das propriedades. O projeto procura agregar ao conceito da assistência técnica tradicional, a gestão de negócios, normalmente uma das maiores deficiências encontradas junto aos empresários rurais, ampliando a capacidade do produtor em gerir sua atividade. Este diferencial permite aplicar melhorias técnicas capazes de imprimir ganhos quantitativos e qualitativos ao produto primário, melhorando os indicadores técnicos e econômicos das propriedades.