Destaque »

Festival Saberes e Sabores oferecerá oficinas e degustações em Araxá

20 de julho de 2018 – 23:50 |

O festival Saberes e Sabores  vai levar para Araxá o melhor da culinária mineira. O evento reúne os restaurantes que são referências  na tradição entre os dias 20 e 22 de julho …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

9º Encontro de Orquestras de Violas movimenta Araxá

 Evento arrecadou 2.000 litros de óleo para o Programa Mesa Brasil Sesc Minas Gerais

O Sesc apresentou, nos dias 28 e 29 de junho, o 9º Encontro de Orquestras de Violas em Araxá. Na ocasião, estiveram presentes as Orquestras de Violas de Minas Gerais e São Paulo. As apresentações foram encerradas pelo violeiro Chico Lobo, no dia 28, e pelo cantor Renato Teixeira, no dia 29.

A entrada foi a doação de um litro de óleo. Ao todo, o evento conseguiu arrecadar 2.000 litros de óleo para o Programa Mesa Brasil Sesc Minas Gerais.

“Araxá deveria trazer mais eventos como esse, trazer música de qualidade. A viola é uma tradição antiga e que deve ser mantida. As pessoas deveriam dar mais valor à cultura que a cidade e que a música têm”, comentou o aposentado José Augusto Afonso.

Além da apresentação musical, também houve a realização de oficinas gratuitas, que aconteceram no dia 29 de junho, das 11h às 15h. Os workshops foram: “Afinações, levadas e batidas”, com Rogério Mota, “Música Erudita e Música Caipira”, com Emílio Queiroz, “Como fazer ou fabricar violas”, com Levi Andrade, e “Repertório, harmonização e arranjos”, com Pedro Eloi.

“As oficinas foram ótimas. Aprendemos a afinar, a produzir e a manusear o instrumento. Aprendemos um pouco da história deles e a gostar mais do som que fazem”, comentou a estudante de Direito, Camila Barbosa.

Orquestra de Violeiros de Araxá

Fundada em 2003, por  músicos e profissionais de vários seguimentos, a Orquestra de Violeiros de Araxá já realizou diversas apresentações na cidade e região. Seu compromisso é resgatar a música caipira de raiz, causos e contos, fatos que fizeram a história do folclore brasileiro, além de fomentar e divulgar essa cultura, incentivando crianças, jovens e adultos a apreciarem a música e a conhecerem a tradição da viola caipira.

Orquestra Canta Viola – Patrocínio/MG

A Orquestra Canta Viola foi fundada em 15 de junho de 2006, por iniciativa do músico Valério Violeiro. Apresenta um importante trabalho na divulgação da música caipira, tanto em Patrocínio, seu município de origem, quanto em cidades vizinhas, participando de festivais e encontros de orquestras de viola e de violeiros.

Orquestra de Violas Aedos e Violeiros – Paracatu/MG

A Orquestra de Violas Aedos e Violeiros completou, em junho de 2013,  9 anos de existência. Ela foi criada a partir do projeto Aedos e Violeiros, cujo idealizador foi Gilson Couto, em parceria com a Associação dos Poetas e Violeiros de Paracatu, desde o ano de 2004. O projeto surgiu com o ideal de resgate e manutenção da música de raiz e valorização da viola caipira e seus amantes. Composta atualmente por 13 membros, a orquestra já se apresentou em Araxá, Coromandel-MG, Uberlândia-MG, Urutaí-GO, Sagarana -MG e em Paracatu-MG.

Orquestra Municipal de Violeiros do Rio Jaguari – Bragança Paulista/SP

Fundada em 17 de março de 2010, a Orquestra Municipal Violeiros do Rio Jaguari foi criada devido à parceria entre a Organização não Governamental SOS Vale do Jaguari e a Prefeitura da Estância Climática de Bragança Paulista, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo.

A regência é de Irmei Menezes de Liz, idealizadora da proposta, juntamente com Walter Liz, e Eurípedes Liz. Criada com a filosofia de manter e divulgar a cultura caipira, representar a cidade em eventos, levando cultura a todos, estudar e divulgar a música tipicamente brasileira e a viola caipira. Atualmente conta com a participação de aproximadamente 38 violeiros.
Orquestra de Violeiros Jeito Caipira – São Gotardo/MG

A Orquestra de Violeiros Jeito Caipira surgiu por meio de um encontro de amigos violeiros, em meados de 2005. Denominada primeiramente  por Clube da Viola de São Gotardo, começou fazendo apresentações em eventos beneficentes e festas em fazendas da região.

Em 2006, apresentou-se no Minas em Serenata. A orquestra sempre é requisitada nas festividades de São Gotardo e região, e em festas de carros de bois, festas agropecuárias e nos encontros de orquestra de violeiros.

Orquestra de Violeiros de Coromandel/MG

Fundada em 28 de novembro de 2004, a primeira apresentação aconteceu no 1º Encontro de Causos e Violeiros, realizado em 26 de março de 2005, em Coromandel. A partir de então, a orquestra, que atualmente conta com 13 integrantes, apresenta-se por toda a região.

Chico Lobo

Violeiro, compositor, apresentador de TV, Chico Lobo é natural de São João Del Rei, toca viola caipira desde os 14 anos. A crítica o considera um dos mais ativos e efetivos violeiros no processo de popularização da tradição musical do cenário brasileiro. É um artista consciente do seu importante papel no universo da viola caipira, e, desse modo, domina o palco com presença e comunicação ímpares. É um apaixonado pela cultura de sua terra. Foi nomeado Embaixador do Divino Espírito Santo (Festa folclórica de S.J.Del Rei) e Guarda Coroa de Santo Antônio. Com a viola na mão, canta as folias, os congados, os catiras, as modas, suas raízes de modo muito envolvente junto a sua excepcional banda.

Renato Teixeira

Nascido em Santos, Renato passou a infância em Taubaté. Tornou-se compositor e esteve presente na Era dos Festivais da TV Record ao ser interpretado por Gal Costa e Roberto Carlos. Depois disso, seu disco Paisagem foi um dos marcos da aproximação com a música raiz. Gosta de lembrar a estética musical inovadora criada com o parceiro Sérgio Mineiro, no Grupo Água, trabalho que seduziu Elis Regina, Almir Sater e tantos outros.