Destaque »

Polícia investiga ataques a veículos em Araxá e ligação com facção criminosa

7 de junho de 2018 – 23:11 |

Ainda se recuperando dos transtornos causados pela paralisação dos caminhoneiros nos últimos dias, a população de Araxá, foi pega de surpresa na noite do último domingo, dia 03 de junho de 2018, com ataques …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Araxá Esporte estreia no Campeonato Mineiro Juniores perdendo para o Nacional por 4 a 2

            Por: Alcino de Freitas.

Atuando em Araxá pela primeira rodada do campeonato Mineiro de Juniores, o Araxá Esporte Clube perdeu pelo placar de 4 a 2, para o Nacional/Mamoré de Patos de Minas, clube que o rebaixou do campeonato Mineiro da primeira divisão. Nacional/Mamoré, uma parceria que está prestes a se concretizar, segundo o presidente do Nacional, Amarildo dos Santos Ribeiro. O jogo teve inicio numa intensidade sem igual, pois após a saída de bola o Araxá Esporte teve uma falta a seu favor. Rafael fez a cobrança levantando a bola para dentro da área, e Wagner de cabeça, abriu o marcador aos 90 segundos de jogo. Araxá Esporte 1 a 0. Só que o gol de empate foi assinalado 30 segundos, após o reinicio da partida. Assim como o alvinegro cobrou a falta e fez o gol de cabeça, o gol de empate do Nacional foi marcado da mesma forma. Cobrada a falta, Ferreira, cabeceou e empatou a partida. Dois minutos de jogo e a partida estava empatada em 1 a 1. Muita correria, mas, sem objetividade, o Araxá Esporte muito desordenado dentro de campo, enquanto que a equipe do Nacional tinha uma postura mais compatível, mais organizada. Articulando-se melhor em campo o time de Patos de Minas chegou à virada, aos 26 minutos quando, o lateral direito Allan, desceu pela direita, e cruzou. A bola foi desviada para dentro do gol pelo zagueiro Leonardo, no entanto, o árbitro deu o gol para o lateral, alegando que ele havia chutado a bola, no sentido ao gol. Neste primeiro tempo, além da falta de objetividade, faltou ao Ganso, chutar mais a gol.

O segundo tempo teve inicio com uma boa pressão do Araxá Esporte. Muita correria, meio apavorado, mas, criando boas oportunidades e chutando mais a gol. Como voltou um pouco mais eficiente, chegou ao empate aos 23 minutos. O lateral Allan, derrubou Moulay dentro da área e o árbitro marcou a penalidade. O próprio Moulay cobrou com perfeita definição e decretou o empate. Daí em diante, o que se viu dentro do jogo, foi um cai-cai por parte dos jogadores do Araxá Esporte, reclamando de cãibras. Destacamos muito o corre-corre durante a partida, porque, foram diversos os jogadores que caíram ao gramado, reclamando das cãibras. No nosso entender, jogadores novos, juniores, reclamando de cãibras na metade do segundo tempo é porque correram muito e errado. Chegaram até a oferecer certa resistência, através das substituições no decorrer da segunda etapa, contudo, o time do Nacional, com maior competência, mais consistente, partiu em busca da definição. E aos 38 minutos, Samuel cobrando falta a meia altura, acertou o canto esquerdo do goleiro Igor que, caiu atrasado e tomou o terceiro gol. Definindo sua superioridade nos minutos finais, aos 47 minutos, após uma bola cruzada para dento da área, Gilbertinho, mergulhou e de cabeça assinalou o quarto gol da equipe do Nacional, selando o placar.

O Araxá Esporte perdeu jogando com: Igor, Vinicius, Leonardo, Wagner, Rafael (Buno César); Kauê, Jhonatas, Guilherme (Luiz Felipe), Moulay (Wigor); Pedro (Marcelo) e Saulo (Cláudio). Técnico: Gustavo Rodrigues.

O Nacional/Mamoré de: Alencar, Allan (Diego), Michel, Samuel, Lucas Miranda; Igor (Eder), Colinha, Marco Túlio (Thiago Rosa), Gilbertinho; Ferreira e Guilherme (Rafael Souza), Técnico: José Geraldo Martins (Moraes).

Árbitro: Denilsson Eufrásio Domingues, auxiliado por Junior Antônio da Silva e Leonardo Henrique Pereira.

Cartões amarelos. Na equipe do Araxá Esporte: Rafael.

Na equipe do Nacional: Allan e Gilbertinho.

Observação: fomos informados que, deixaram de atuar pelo Araxá Esporte Clube, nesta partida, seis jogadores que não foram registrados a tempo: Jean, lateral direito; Douglas, zagueiro; Thomas, atacante; Gabriel, volante; Matheus, zagueiro e Caio, meia, que se encontra machucado.

Nossa opinião. O time precisa melhorar muito se quiser passar para a segunda fase da competição.