Destaque »

Catarina enfrenta ventos fortes, mar agitado e baixa temperatura da água na travessia do Canal da Mancha

13 de setembro de 2019 – 18:25 |

Por Maurício de Castro Rosa
O ser humano é o único animal que arrisca sua vida sem ser para comer ou se salvar de um predador. Ele arrisca a vida por adrenalina, por emoções, por desafios, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Gef vence o Santa Terezinha e conquista o título do Torneio Nilo Lucchesi

  Por: Alcino de Freitas.

No último domingo, 21, no Estádio Industrial Vicente Lobo, a equipe do Gef venceu, por 3 a 2, o time do Santa Terezinha, conquistando o título de campeão do Torneio Nilo Lucchesi. A equipe do Gef iniciou a partida de forma arrasadora, assinalando três gols no primeiro tempo. Logo aos oito minutos, Robert abriu o marcador, após apanhar um rebote da defesa adversária e chutar muito bem colocado no canto direito do goleiro Peixe, que não teve chance nenhuma de defesa.

Aos 20 minutos, o lateral Túlio cruzou da esquerda, e Arthur cabeceou, obrigando o goleiro Peixe a realizar uma defesa sensacional, mandando a escanteio. Após cobrança do escanteio pela direita, um minuto após a sensacional defesa, Artur cabeceou, o goleiro Peixe rebateu e, na sobra, Emerson assinalou o segundo gol.

Aos 47 minutos, Artur, depois de receber um passe de Rafael Bundinha, desceu pela esquerda e na saída do goleiro Peixe, chutou firme no canto, fazendo 3 a 0. Houve reclamação por parte de alguns diretores do Santa Terezinha devido ao gol ter sido assinalado aos 47 minutos, entretanto, o acréscimo faz parte do jogo. Com um placar de 3 a 0 a favor do Gef, parecia que iria acontecer uma goleada.

No segundo tempo, o jogo reiniciou ainda com uma predominância do Gef, contudo, o Santa Terezinha conseguiu seu primeiro gol, por meio da cobrança de uma falta. Eram decorridos 11 minutos, e Matheus Ibiá cobrou uma falta pela direita. Wesley, bem colocado, marcou, de cabeça, diminuindo para o Santa Terezinha. Aos 23 minutos, o lateral Chicandu, de cabeça, quase marca o segundo gol.

A equipe do Santa Terezinha corria atrás do prejuízo e, aos 31 minutos, aconteceu um lançamento de Matheus Ibiá para Waguinho que chegou chutando rasteiro no canto e marcando o segundo gol do Santa Terezinha. Nesta altura, o jogo ficou mais aberto, mais disputado e mais emocionante. A equipe do Gef ainda chegou à rede adversária aos 32 minutos, por meio de Amaral. O árbitro anulou o gol, indicando mão do atleta do Gef. O Santa Terezinha continuou lutando, procurando chegar ao gol de empate, mas o Gef, um time experiente, soube administrar o resultado, conquistando, de forma brilhante, o primeiro título do ano.

O Gef foi de: Waguinho, Amaral, Dudu, Emerson, Túlio (Marcelo Paraná); Timim, Marcos Junior, Rafael Bundinha, Douglas; Robert (Alisson) e Artur. Técnico: Celinho.

O Santa Terezinha perdeu com: Peixe, Chicandu, Hélio, Ítalo (Matheus), Wathos (Ricardinho); Alan, Wesley, Leandro, Merson; Binga (Waguinho) e Bruno. Técnico: Fernando Guimarães.

Árbitro: Edilson José, auxiliado por Paulo César de Souza e por Washington Humberto. Mesária: Tatiana do Carmo.