Destaque »

Abertas inscrições para programa Casa do Pequeno Jardineiro

18 de março de 2019 – 19:26 |

As famílias de Araxá já podem inscrever os adolescentes interessados em participar do programa “Casa do Pequeno Jardineiro’. A Prefeitura, através da Secretaria de Ação e Promoção Social, tem ampliado a oferta de vagas, …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Saúde

Saltar! Sorrir! Queimar! Isto é AEROJUMP!

Por Márcio Contato – PersonalTrainer

O AeroJump, como o próprio nome sugere, é uma aula com características aeróbicas, realizada com saltos e movimentos de corrida estacionária sobre uma mini cama elástica(mini-trampolim) individual. O AeroJump é um esporte eficiente, seguro, divertido e de baixa complexidade de execução, dessa forma, permite que qualquer pessoa consiga participar plenamente das aulas.

Os exercícios são variados e tem uma exigência motora de fácil compreensão, porém é solicitada uma grande concentração para a realização dos movimentos e também manutenção da postura já que todos os exercícios são praticados em uma superfície elástica, melhorando o equilíbrio corporal. É um tipo de atividade com características de treinamento funcional, pois cria instabilidade ao corpo nos forçando a ativar os músculos estabilizadores (lombar e abdômen).

À medida que o equilíbrio dinâmico é desenvolvido, a lona elástica será “empurrada” com maior intensidade pelo praticante, aumentando o trabalho dos membros inferiores e a quantidade de calorias gastas nas aulas. Nas aulas de AeroJump podem ser gastas até 700 calorias.

Benefícios do AeroJump:

– Reduz a gordura corporal;
– Enrijece os braços, pernas, coxas, abdome e glúteos;
– Aumenta a agilidade;
– Rejuvenesce o corpo quando está cansado e melhora o estado de saúde mental e físico.
– Fortalecimento dos membros inferiores: Todos os principais músculos dos membros inferiores são trabalhados nas aulas de AeroJump. O quadríceps (parte anterior da coxa), os ísquios tibiais (parte posterior da coxa), e também os glúteos poderão ser bastante “modelados” com a prática regular da modalidade.
– Prevenção e tratamento da osteoporose: Sobre o trampolim existe um aumento da carga gravitacional que faz com que o peso corporal do praticante seja multiplicado por pelo menos três vezes o valor normal. Consequentemente, os ossos e músculos dos membros inferiores são constantemente estimulados.
– Redução da celulite. Os saltitos na superfície do trampolim aceleram o “abre e fecha” das válvulas dos capilares linfáticos, que aumentam o processo de drenagem da linfa e a redução da celulite.
– Melhora o sistema cardiorrespiratório e a resposta hemodinâmica;
– Ajuda a eliminar o “stress”, melhora a postura, e protege as articulações da fadiga e do impacto crônica causado pelo exercício realizado em superfícies duras, proporcionando um aumento da carga gravitacional (força G) que fortalece o sistema músculo-esquelético.
– Melhora as funções digestivas e renais.

Antes de iniciar os movimentos sobre a cama elástica, deve-se realizar um bom aquecimento geral e específico às articulações envolvidas; Iniciar com saltos simples, com os pés paralelos, bem no centro da cama elástica; Os movimentos dos membros superiores devem ser controlados para prevenir desequilíbrio ou lesões.

Ao contrário do que normalmente falam é uma aula com impacto sim, por ser executada numa superfície elástica é considerada uma atividade com menos impacto que as tradicionais feitas no solo, aproximadamente 80 % menos, podendo ser ainda mais reduzido conforme o domínio da técnica individual de flexão e extensão das pernas.

Contra-indicação:

* A aula é contra-indicada a gestantes, pessoas com labirintite (que não seja medicada) e praticantes que apresentam grandes instabilidades nas articulações dos membros inferiores – tornozelos, joelhos e quadril.

Dicas para melhor aproveitar a atividade:

  • Para as mulheres, utilize um (se possível dois) top reforçado para não prejudicar os seios.
  • Leve sempre consigo uma garrafa de água e toalha.
  • Se alimente pelo menos 1 hora antes para não ter problemas com indigestão.
  • Vá ao banheiro antes de iniciar a aula, pois vai dar vontade de fazer xixi.
  • Durante a aula, mantenha o foco na pisada ao centro, evitando pisar nas molas e mantendo sua segurança.

Agora é praticar esta modalidade.  Venha com alegria, animação, descontração e energia.