Destaque »

AAL comemora 53 anos e escritora Wilma Cunha recebe Comenda Literária

19 de Maio de 2018 – 0:36 |

A noite da última terça-feira, dia 15 de maio de 2018, foi de comemoração  e homenagem, para os membros da  AAL – Academia Araxaense …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » +

Fórum defende a necessidade do fortalecimento das políticas públicas para a juventude

2° Fórum Mineiro de Gestores Públicos de Juventude foi realizado pela 1ª vez em Araxá e reuniu lideranças políticas de todo o País no Tauá Grande Hotel

Durante três dias, Araxá foi bastante prestigiada por gestores políticos de todo o País. Nos últimos dias 8, 9 e 10, o Tauá Grande Hotel recebeu a 2ª edição do Fórum Mineiro de Gestores Públicos de Juventude. O objetivo do evento se concentrou na capacitação e integração dos gestores públicos da juventude de Minas Gerais para incentivar ações efetivamente transformadoras de suas respectivas realidades locais. O fórum promovido pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude ocorre a cada dois anos, e o primeiro foi realizado em 2011, em Belo Horizonte, que contou com as presenças do vice-governador Alberto Pinto Coelho, na sexta, 8, e do governador de Minas, Antônio Augusto Anastasia, no sábado, 9, e mais de 300 gestores de todo o País até a manhã de domingo, 10, em Araxá.

O vice-governador afirmou que o Estado sabe da necessidade de se desenvolverem políticas públicas voltadas para a juventude. “Existe uma Secretaria voltada para a juventude e, mais do que isso, um comitê intersetorial abrangendo 13 secretarias, porque a natureza das políticas públicas perpassa pela transversalidade da saúde, educação, drogas, segurança, oportunidades de emprego para os jovens, dentre outras demandas. O fórum é fundamental para que os gestores públicos de juventude possam aprofundar análise e o conhecimento dessas questões e daí surgirem propostas para levar avante”, comentou.

Durante discurso proferido no último sábado, 9, o governador Anastasia defendeu a importância da identificação das demandas para potencializar ações diversas a favor da juventude. “As políticas públicas dependem de uma ação coordenada entre as diversas áreas dos governos, tanto federal, estadual ou municipal, já que o jovem é sempre destinatário das políticas de educação, de saúde, de emprego, de cultura, de esporte”, abordou.

A Câmara Municipal de Araxá também participou do 2º Fórum Mineiro de Gestores Públicos de Juventude, com a presença do seu vice-presidente, vereador Sargento Amilton (PT do B), representando, na mesa de trabalhos, o presidente Miguel Júnior (PMDB), que estava em viagem.

Segundo o vereador, o fórum foi de extrema importância para que os gestores contribuam de forma mais efetiva na definição de políticas públicas futuras para a juventude mineira. “O trabalho deve ser conjunto com demais setores, dentre eles, o de segurança pública, para que as diretrizes tenham ampla cobertura, começando por uma educação mais eficaz, ações para evitar o acesso da juventude às drogas e fomento ao primeiro emprego”, finalizou.

De acordo com o subsecretário de Estado da Juventude, Gabriel Azevedo, um dos primeiros palestrantes do fórum, o governo de Minas Gerais tem uma preocupação de estabelecer para todas as regiões do Estado. Para ele, o ideal era que cada município tivesse um órgão específico relacionado à juventude. “Um órgão específico para que haja uma articulação de todos os agentes, para a juventude ser beneficiada. Pode ser uma secretaria, uma coordenadoria, uma superintendência, qualquer órgão, mas é importante ter um jovem à frente desse processo”, destacou.