Destaque »

Representantes da OAB se reúnem com Vereadores na Câmara

19 de junho de 2018 – 0:41 |

Na tarde da última segunda-feira (11), o Plenário Vereador Guilherme Gotelip Neto recebeu Vereadores, imprensa e diversos advogados do Município de Araxá para uma Audiência Pública. Ainda participaram membros da Diretoria da 33ª …

Leia mais »
Esporte
Cultura
Turismo
Meio Ambiente
Responsabilidade social
Home » Meio Ambiente

Prefeitura trabalha na elaboração de novo projeto social

Projeto “Construindo Pessoas com Arte e Ofício” terá apoio de outras entidades araxaenses.

A Prefeitura Municipal de Araxá se prepara para a implantação do projeto social “Construindo Pessoas com Arte e Ofício”. Uma equipe da prefeitura esteve em Betim para conhecer a sede da ONG Salão do Encontro, instituição que promove a cidadania por meio da arte e deve ser modelo para a proposta araxaense.

De acordo com a chefe de gabinete Lúcia Helena, o exemplo pode ser adaptado à realidade de Araxá. “Nós fomos ao Salão do Encontro em Betim para conhecer um projeto que existe há mais de 40 anos. Se deu certo lá, aqui também pode dar, com a união das secretarias e das pessoas”.

Lúcia Helena contou que o projeto está em fase de elaboração e, assim como a ONG Salão do Encontro, deve oferecer oficinas de artesanato, marcenaria, entre outras atividades, para que os participantes possam aprender um ofício. O público alvo é abrangente. “Nós vamos implantar este projeto que vai trazer crianças, idosos, adolescentes, pessoas carentes, andarilhos e também o pessoal do Caps”, comentou a chefe de gabinete da Prefeitura.

O projeto deverá funcionar em duas unidades, uma delas será na fazenda da Prefeitura em Itaipu. A área de 89 hectares já está sendo preparada para receber os galpões das oficinas e o alojamento. A outra unidade será no Barreiro, na antiga escola Marques do Paraná. Os produtos desenvolvidos nestes locais devem ser comercializados com a finalidade de gerar renda para os participantes e atrair turistas.

Ainda de acordo com a chefe de gabinete, o projeto deve ser implantado através do Liceu de Artes e Ofícios e de outras entidades, com o apoio das secretarias municipais e em parceria com outros projetos já existentes, como o Pequeno Jardineiro.